OrganicsNet nas redes sociais:


 

GR Agrária

GR Agrária: o novo parceiro da rede OrganicsNet

A empresa Gr Agrária do grupo Grande Rio, referência no segmento de educação e reciclagem ambiental agora faz parte da rede OrganicsNet.

Mãe terra

“Não adianta ser verde e estar no vermelho”, diz CEO da Mãe Terra

“O empreendedor é criado por uma paixão, mas é preciso lapidar a proposta de valor do negócio com a realidade do mercado”, afirma. “Não adianta ser verde e estar no vermelho”, diz CEO da Mãe Terra.

Sítio do Moinho

Sítio do Moinho recebe o 5º Prêmio Fazenda Sustentável

“Estou sem palavras. A gente ama o que faz. A produção orgânica segue regras muito severas de produção e a sustentabilidade é um dos pilares da agricultura orgânica. A gente vai da semente até a cozinha do cliente”, afirmou Ângela Thompson, que junto com o marido é proprietária do sítio.

Organique

Federação Brasileira de Jiu-Jitsu anuncia parceria com empresa de energético orgânico

A Federação Brasileira de Jiu-Jitsu, FBJJ, anunciou a Brasilbev, produtora do energético orgânico Organique, como nova patrocinadora. A empresa também produz uma linha de chás orgânicos, comercializada em várias redes de supermercados. Todos os produtos possuem certificação orgânica para o Brasil, Estados Unidos, Ásia e Europa.

 

Vitrine OrganicsNet

 

Guia do Produtor Orgânico

O guia conscientiza sobre como produzir alimentos sem substâncias químicas e em conformidade com os padrões sustentáveis.

Guia do Consumidor Orgânico

Saiba como reconhecer, escolher e consumir alimentos saudáveis!

 

Preços abusivos e concorrência desleal desafiam os orgânicos

Uma das fundadoras da Associação Terra Viva, acredita que é na união entre produtores, distribuidores e consumidores que está o segredo para o equilíbrio da cadeia produtiva, tanto na questão dos preços como para afastar enganadores. “Se eu vejo alguém com uma placa dizendo que vende orgânicos, vou lá saber detalhes. Enganar a população é crime.”

Mercado Orgânico brasileiro tem faturamento recorde em 2018

Lei federal 10.831, conhecida como “Lei dos Orgânicos” completa 15 anos com movimentação recorde de R$ 4 bilhões em 2018. Preocupação com saúde e respeito ao meio ambiente são os principais fatores que contribuem para o aumento do consumo.

“Revolução verde de 1950 agora tem o efeito de degradar o solo”

O agrotóxico deu uma contribuição importante que agora esta acabando. “Advogo pela evolução. Temos que emigrar da era do agrotóxico para uma outra era”, indicou Leontino Balbo dono da Usina São Francisco.

Continua o crescimento mundial dos alimentos orgânicos

Em 2018 continuo o crescimento global do mercado de  produtos orgânicos e os Estados Unidos consolidaram sua posição de liderança. A Ecovia Intelligence projeta que o comercio de alimentos orgânicos deve superar US $ 50 bilhões pela primeira vez neste ano. A demanda por alimentos orgânicos está se fortalecendo. Segundo a OTA (Organic Trade Association), 83% das famílias norteamericanas  compram produtos orgânicos  que representam  5% do total de vendas dos alimentos no varejo.

O setor público como alternativa de mercado para o agricultor familiar

Ampliar a participação de cooperativas na oferta de alimentos para instituições do governo é uma realidade plausível e uma excelente oportunidade de escoar a produção. “Com o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), as prefeituras pagam até 30% a mais pela compra de orgânicos, tornando este um nicho bem interessante para os produtores. Adicionalmente, os gestores públicos oferecem a alimentação saudável que almejam”, comenta Sylvia Wachsner, coordenadora do Centro de Inteligência de Orgânicos, da SNA.

Consumidor impulsiona cultivo de alimentos associados a boas práticas

Se há uma conclusão sobre a sustentabilidade no agronegócio que une tanto agentes do setor como ambientalistas, é a de que o consumidor é o principal vetor dessa mudança no campo.Quando analisado o comportamento de consumo no Brasil, é possível verificar que o país tem apresentado aumento gradual da demanda por alimentos associados a boas práticas.

Millennials: os pais ‘orgânicos’ do futuro

“A geração do milênio compõe o maior grupo de consumidores nos Estados Unidos e está escolhendo os orgânicos. À medida que mais membros dessa geração se tornarem pais, sua presença no mercado orgânico ficará cada vez mais forte”, disse Laura Batcha, CEO e diretora executiva da Organic Trade Association.

Banana, a fruta que pode se tornar o principal produto da nossa produção orgânica

O manejo natural da banana torna a fruta uma das culturas mais fáceis de se adaptar ao sistema orgânico. De acordo com Ana Lúcia Borges, pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Mandioca e Fruticultura, aproximadamente, dois terços de toda a massa da bananeira retorna para o solo, restituindo quase 70% dos nutrientes que produz, não sendo necessário colocar tanto adubo. E isso vem de encontro com os métodos orgânicos, que exigem técnicas ambientalmente sustentáveis e a não utilização de agrotóxicos ou adubos químicos solúveis.

 

Veja Mais Notícias Observatório Orgânico