OrganicsNet nas redes sociais:


 

Notícias

Amazonas na Copa Orgânica Sustentável

17/05/2012

Esforços entre os governos estadual e federal vão aumentar a oferta e o consumo de produtos orgânicos no Amazonas até a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Para alcançar esse objetivo, o Governo do Amazonas pretende duplicar a disponibilização desses produtos ao consumidor com melhorias na cadeia produtiva, e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) vai iniciar uma campanha de incentivo ao consumo desses alimentos nas capitais onde serão realizados os jogos da Copa. O assunto foi debatido nesta quarta-feira, dia 16 de maio, durante evento que reuniu representantes do poder público e da iniciativa privada, no Da Vinci hotel.

O coordenador-executivo da Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP Copa), Eraldo Boëchat, estima que a oferta dos produtos orgânicos no Estado pode ser duplicada somente com a redução das perdas de alimentos no caminho do produtor ao consumidor e com a certificação de novos agricultores que já desenvolvem alimentos sem agrotóxicos. “Essa produção já acontece naturalmente no nosso Estado. Temos aqui pelo menos 65 mil produtores que se receberem assistência técnica adequada têm a possibilidade se tornarem agricultores orgânicos”, declarou.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apresentados por Boëchat, o Amazonas é responsável por 20% de toda a produção orgânica do Norte do país, mas somente 6% é certificada. Segundo o coordenador-executivo da UGP Copa, o Governo do Estado busca parcerias para fomentar a certificação desses produtores.

Incentivo

A consultora do projeto Copa Orgânica e Sustentável, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Laura de Souza, informou que será lançada uma campanha publicitária no segundo semestre deste ano para incentivo ao consumo consciente. A campanha será voltada para os produtos orgânicos, da sociobiodiversidade, da agricultura familiar, produtos do comércio justo e solidário e com Indicação Geográfica (IG).

Segundo Laura, o objetivo das ações do MDA para a Copa de 2014 é fomentar o consumo dos produtos que já são produzidos em todas as sedes da Copa, proporcionando um legado na cadeia produtiva. “Estamos visitando todas as cidades-sede para integrar os Estados nas ações do MDA e ampliar os resultados que podem ser obtidos com a campanha”, disse.

Para o gerente de agronegócios do Sebrae/AM, Célio Picanço, os produtores regionais ainda têm resistência em preencher os requisitos que são necessários para que sejam reconhecidos com produtores orgânicos. Picanço afirmou que a equipe do Sebrae atua junto aos agricultores para que eles compreendam a necessidade dessas exigências e procedimentos para que tenham um produto reconhecidamente de origem orgânica. “O Sebrae fomenta as iniciativas e também identifica potenciais clientes para desenvolver este comércio no Estado”, afirmou.

Fonte: Blog do Marcos Santos

 

Tags:
, , , , , , ,

 

 

Deixe seu comentário!

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.