OrganicsNet nas redes sociais:


 

Login Cadastre-se!

Gastronomia

Ecogastronomia na Rio+20

31/05/2012

Durante a Rio+20, na mesa dos líderes das 40 maiores cidades do mundo o menu também será ecologicamente correto. Um grupo de chefs cariocas será responsável pela criação de um cardápio especial para o jantar de encerramento da Cúpula C40 Grandes Cidades, que reunirá os prefeitos das cidades no Rio entre os dias 17 e 19 de junho.

A comitiva, liderada por Michael Bloomberg, prefeito de Nova York, vai degustar pratos produzidos sob o conceito de ecogastronomia, que prioriza alimentos orgânicos. Os líderes participam durante a conferência de um debate sobre a sustentabilidade das cidades.

Entre os participantes estarão prefeitos e representantes de cidades como São Paulo, Buenos Aires, Sidney, Amsterdã e Copenhagen. O jantar será no dia 19, no Palácio da Cidade, no bairro de Botafogo, zona sul do Rio. O menu está à cargo do movimento Ecochefs, que reúne 20 chefs cariocas preocupados com o padrão de consumo de alimentos.

“Apenas um terço dos alimentos produzidos são efetivamente consumidos, sendo a maior parte descartada durante o transporte ou o preparo. Queremos que eles pensem nessa questão sempre que sentem à mesa para comer”, afirma um dos organizadores, João Fortes.

O grupo, criado há quatro anos, está ligado a uma rede de chefs ativistas de todo o mundo, chamado de Delicious Evolution, idealizador do evento. No Rio, o movimento realiza ações de conscientização com representantes da agricultura familiar e ministra cursos e oficinas sobre a ecogastronomia.

Os Ecochefs também devem elaborar uma degustação para convidados de uma solenidade do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), no dia 20.

Tereza Corção, uma das chefs à frente do evento, afirma que o menu ainda não foi definido, mas levará em conta o aproveitamento de diferentes ingredientes que geralmente são descartados, como cascas de frutas e verduras. “Será uma oportunidade para aproximar o público deste conceito e do agricultor familiar. Isso pode mudar a nossa relação com os alimentos.”

Fonte: O Estado de S. Paulo

 

Tags:
, , , ,

 

 

Deixe seu comentário!

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.