OrganicsNet nas redes sociais:


 

Korin Agropecuária

Sistema de produção natural e saudável: Korin

02/07/2012

O modelo natural de produção de alimentos da Korin Agropecuária foi o grande destaque no debate “Food and the City – Urban rural linkages for food and nutrition security”, evento organizado pela The World Society for the Protection of Animals (WSPA), International Partners for Sustainable Agriculture (IPSA), Local Governments for Sustainability (ICLEI) e a UN Food and Agriculture Organization (FAO), que ocorreu em 18 de junho, no Riocentro. “Dentro dos programas de Desenvolvimento Sustentável, este tema é um dos ‘drivers’. O evento abordou a produção local de alimentos como maneira de oferecer maiores garantias de segurança alimentar e reduzir a dependência dos sistemas globais de distribuição de alimentos, que sofrem frequentemente choques de preços causando insegurança e instabilidade na oferta ao redor do mundo”, explica Luiz Carlos Demattê Filho*, gerente industrial da Korin.

Segundo os organizadores do debate, segurança alimentar e cidades são duas áreas prioritárias da economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza. “Novas pressões de urbanização, a migração rural, mudanças climáticas e volatilidade econômica terão impacto sobre a estabilidade do fornecimento de alimentos em todas as regiões, mas com desafios especiais para os países em desenvolvimento”, afirmam. Os palestrantes apresentaram práticas inovadoras sobre dietas sustentáveis, produção animal de aves e gado de maneira sustentável, desperdício de alimentos, biodiversidade, água e energia para a segurança alimentar e meios de subsistência das populações mais vulneráveis ??urbanas e rurais.

Case de Sucesso-Nesse contexto, o sistema de produção natural e orgânico da Korin foi o exemplo fiel de como é possível produzir em escala e de maneira saudável e sustentável. A Korin Agropecuária é reconhecida pela sua extensa linha de produtos, como a de frangos livres de antibióticos e quimioterápicos, cuja qualidade da carne e a experiência bem-sucedida foi a principal responsável pelo crescimento de 170% da empresa nos últimos dois anos.

“A empresa tem uma proposta muito inovadora: produzir alimentos promovendo o bem estar de produtores rurais; dinamizar o campo por meio da compra e aquisição de agroprodutos, como milho, soja, frangos, ovos, vegetais orgânicos, entre outros; desenvolver e aplicar tecnologias limpas e, sobretudo, oferecer alimentos puros de alta qualidade nutricional, contribuindo, assim, para a saúde de produtores e consumidores. É um modelo ideal”, observa Demattê, gerente industrial da Korin, médico veterinário, Mestre em Nutrição Animal pela Unesp, Especialista em Gestão do Agronegócio pela FGV e doutorando em Ecologia Aplicada pela ESALQ-USP.

A Korin não utiliza agrotóxicos em sua produção porque contaminam o solo, os mananciais, os alimentos e, em conseqüência, os consumidores. Também não utiliza antibióticos nas criações, pois eles causam alergias nos consumidores e promovem o desenvolvimento de bactérias resistentes a medicamentos. “No entanto, nossos animais desfrutam de saúde vigorosa. E aplicamos esse modelo preservacionista tanto em nossa própria área quanto na de nossos parceiros produtores, conduzindo as propriedades agrícolas para um estado ideal, concernente às legislações ambientais”, diz o veterinário. O frango orgânico Korin possui o certificado em Bem-Estar Animal, conferido pela Ecocert do Brasil, que garante que todo o processo produtivo, da granja até o abate, segue regras rígidas com relação ao bem-estar dos animais.

“Defendemos a criação de frangos sem ingredientes de origem animal na ração e medicamentos utilizados na avicultura moderna. As aves desenvolvem-se num ambiente equilibrado, podem passear no terreiro, não ficam confinadas o tempo todo, além do número de aves na granja ser menor que no modelo convencional. Também usamos na ração vários extratos naturais de plantas como orégano, canela, eucalipto e limão”, explica.

“Devido aos princípios da Agricultura Natural**, preconizados por Mokiti Okada, temos uma visão espiritualista das coisas e dos seres. Desta forma, acreditamos que os animais, assim como todas as coisas da natureza possuem espírito e sentimento. Além disso, temos a convicção que eles cumprem uma missão perante nós, seres humanos. Então, seus sentimentos devem ser respeitados e temos que respeitá-los, tratá-los da melhor maneira que podemos e honrá-los ainda mais devido ao sacrifício que fazem em nos conceder alimentos. O resultado são animais sadios, que fornecem alimentos de real valor, nutrindo não só o nosso corpo, mas também o espírito”, acredita Demattê. Ele acrescenta que a prática da Agricultura Natural conduz seus praticantes naturalmente a preservar o meio ambiente.

Para o veterinário, a Rio+20 ofereceu contribuições importantes para o desenvolvimento sustentável, que vieram, em especial, dos participantes da sociedade civil e da comunidade científica. “A atual situação econômica está reduzindo em muito o apetite das nações de se engajarem numa outra visão sobre como o mundo e as populações devem se desenvolver. Mas tenho a convicção de que de uma forma ou de outra, em mais ou menos tempo, os modelos de produção de alimentos, sejam de origem vegetal ou animal, serão radicalmente modificados.” Anualmente, a Korin produz perto de oito mil toneladas de carne de frangos e 6,5 milhões de ovos livres de antibióticos. Só a produção do frango orgânico, aumentou cinco vezes desde que foi lançado, há cinco anos. A empresa produz também produtos como mel, extrato de própolis, aromatizante bucal, água mineral, sopa instantânea sem aditivos químicos e conservantes e com frango orgânico Korin, vegetais orgânicos cozidos e congelados, e o tradicional portfólio de frutas, verduras e legumes in natura orgânicos, além da linha de insumos para agricultura (Bokashi).

Agricultura Natural – A forma de cultivo orgânico que veio do Japão -Formas de cultivo que visam respeitar as leis da natureza surgiram nos Estados Unidos, na Europa e no Japão. Em 1930, o filósofo e espiritualista japonês Mokiti Okada elaborou trabalhos nas áreas de agricultura, artes, medicina, religião e educação. Deixou muitos legados e liderou o movimento da agricultura orgânica no Oriente. A Korin produz alimentos nos moldes da Agricultura Natural de Mokiti Okada, sem agrotóxicos, aonde resgatar a purezae a vida do solo e dos alimentos, preservar a diversidade e o equilíbrio biológico e contribuir para a elevação da qualidade da vida humana, são preceitos fundamentais. Mokiti Okada alertou para a necessidade de uma avaliação cuidadosa sobre os “bons resultados” obtidos pelo uso indiscriminado de agrotóxicos, que têm caráter passageiro e acarretam graves conseqüências ao meio ambiente. Em 1930 ele já alertava a população sobre a impregnação de resíduos químicos nos alimentos, a alteração do verdadeiro sabor dos mesmos, o comprometimento da saúde do lavrador, que manipula tais produtos, e do consumidor, além da contaminação de mananciais, leitos de rios, lençóis freáticos, enfim da ampla degradação ambiental que afeta toda a cadeia alimentar. A Agricultura Natural busca o equilíbrio das propriedades do solo, da planta, do animal e do meio ambiente. Além da Linha Carnes Suína e de Frango Livres de Antibióticos e Frangos Orgânicos, a Korin tem em torno de 40 produtos orgânicos entre frutas, hortaliças e legumes. [www.korin.com.br].

Fonte: Revista Fator

 

Tags:
, , , , , , , , ,

 

 

Deixe seu comentário!

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.