OrganicsNet nas redes sociais:


 

Produtos

Projeto ecotêxtil ítalo-brasileiro

08/08/2012

O Projeto Traces pode ser encarado como um dos poucos resultados promissores da Conferência Rio+20, especialmente a cooperação entre o Ministério do Meio Ambiente italiano e a loja brasileira de moda Osklen/Instituto-e. O objetivo do projeto, no qual experts de ambos países estão trabalhando juntos, é desenvolver modelos inovadores de sustentabilidade para indústria de vestuário. Melhorar as iniciativas sociais e determinar o nível das emissões de CO2 para propor possíveis medidas de limitação de danos, também estão previstos no projeto.

Como exemplo, um estudo piloto estabelecerá o ciclo de vida, incluindo as emissões de CO2 e impactos ambientais, de 6 tipos de e-tecidos. Os tecidos ecológicos da Osklen são: algodão orgânico e reciclado, PET, seda orgânica, couro de pirarucu e eco juta.

Mais de 30 milhões de pessoas em países em desenvolvimento trabalham na indústria têxtil, a qual tem um impacto violento sobre o meio ambiente, água e recursos naturais. De acordo com declaração do ministro italiano do meio ambiente, Corrado Clini, a indústria têxtil tem uma das maiores emissões sociais de CO2. Para Oskar Metsavaht, fundador da empresa Osklen, é tempo de se envolver: “o tempo para nós fazermos o que nós como guardiões do planeta temos de fazer se quisermos salvá-lo está se esgotando. Nós somos uma geração que vive em um dos mais importantes períodos da civilização”.

Fonte: Oneco

 

Tags:
, , , , , , , ,

 

 

Deixe seu comentário!

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.