OrganicsNet nas redes sociais:


 

Mercado. Notícias

Duplicam vendas de carne bovina orgânica na Austrália

14/01/2013

O crescimento no número de varejistas de alimentos especializados em produtos certificados como orgânicos na Austrália está ajudando a expandir as oportunidades para a carne bovina orgânica.

A carne bovina é um dos produtos de melhor desempenho em termos de crescimento nos últimos dois anos, de acordo com uma pesquisa nacional sobre tendências nos alimentos orgânicos divulgada em outubro. A pesquisa, contratada pelo Biological Farmers of Austrália (BFA), descobriu que as vendas de carne bovina orgânica na Austrália mais que dobraram nos últimos dois anos, com as vendas totais no ano passado de A$ 72,7 milhões (US$ 76,27 milhões). Isso representou cerca de um quarto de todo o valor da produção de alimentos orgânicos na Austrália.

Foto: Beefcentral

A rede varejista de produtos naturais e orgânicos de Sydney, Aboutlife, abriu sua terceira loja na cidade em Miller Street, Cammeray, em novembro. Assim como muitas das lojas de alimentos orgânicos que surgem na Austrália, essa loja de 400 metros quadrados está bem localizada, é espaçosa, arejada e tem uma qualidade contemporânea na decoração, com características naturais, da terra.

O crescente número de lojas varejistas de orgânicos facilmente acessíveis na Austrália, além de sua apresentação mais profissional e atrativa, e uma ampla variedade de produtos, está ajudando a atrair uma nova base de clientes “além das pessoas de sandália e sarongue”, disseram os proprietários.

Um exemplo típico que mostra as recentes mudanças vistas no varejo no segmento de orgânicos é a nova loja da Aboutlife em Cammeray. Oferecendo cerca de 4.500 linhas de alimentos orgânicos, a loja também tem uma grande área externa para alimentação e cafeteria. As ofertas incluem uma ampla gama de carnes certificadas como orgânicas e livres de substâncias químicas, além de produtos frescos, lácteos e outros itens alimentícios.

A carne bovina certificada como orgânica é fornecida pela Cleaver’s The Organic Meat Company, em Gosford, com outras carnes naturais e livre de químicos fornecidas por Nonna’s Gourmet, Mirrool Creek e Boks.

No sudeste de Queensland, uma história similar de crescimento surgiu do varejista de produtos orgânicos certificados Wray’s, que recentemente abriu sua oitava e nona lojas franqueadas Organic Market & Café no subúrbios de Brisbane de Cleveland e Mt Gravatt.

As lojas do Wray’s obtêm sua carne bovina e outras carnes certificadas como orgânicas na forma pré-embalada de um açougue especializado em orgânicos em Brisbane, o The Meating-Place, que opera duas lojas em Paddington e McDowall.

Outra rede crescente de alimentos naturais e orgânicos é a Go Vita, que agora tem cerca de 150 lojas. Em New South Wales, tem sido uma tendência nos últimos 12 meses para os operadores da Go Vita realocar e abrir lojas maiores de até 200 metros quadrados, como por exemplo, a Newtown, em Sydney; Taree; e Katoomba, que abriram em novembro.

Foto: Beefcentral

A Go Vita Distributors teve 12 meses com crescimento nas vendas de 16% dentro de seu negócio de distribuição. “Abrimos 11 lojas na Austrália no ano passado”, disse o diretor executivo, Andrew O’Keefe. “Nossa divisão de alimentos NutriVital (marca) teve um crescimento de 33% e temos um forte desenvolvimento de novos produtos planejados para os próximos 12 meses”.

Uma pesquisa recente na Europa sugeriu que motivos ambientais e de bem-estar animal influenciam alguns consumidores a escolher alimentos orgânicos. Um artigo publicado no Food Quality and Preference indicou que motivos “altruístas” direcionados por meio-ambiente, sustentabilidade e bem-estar animal foram os principais fatores que afetaram as atitudes dos consumidores alemães e o comportamento de compra de alimentos orgânicos.

Uma pesquisa australiana revelou um grande contraste nas atitudes dos consumidores australianos, entretanto. O Relatório de Mercado Orgânico do BFA 2012 indicou que benefícios relacionados à saúde dominaram as tomadas de decisões dos consumidores quando compraram produtos orgânicos. Os benefícios com a maior importância aos consumidores australianos permaneceram consistentes em sua classificação geral desde 2010. Os benefícios percebidos nos orgânicos como de “alta importância” e “importância moderada” foram ausência de químicos (89%), ausência de aditivos (88%), mais nutrientes (88%) e melhor sabor (85%).

Fonte: Beefcentral.com, resumida e traduzida pela Equipe BeefPoint

Leia mais

BNB: R$ 500 milhões para agricultores familiares afetados pela seca

Selos ecológicos ganham destaque no mercado

RS quer aumentar produção agroecológica no estado

 

Tags:
, , , , , , , , , , , , , ,

 

 

Deixe seu comentário!

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.