OrganicsNet nas redes sociais:


 

Notícias. Saúde

Fazenda urbana, em Washington, produz alimentos para moradores pobres

14/01/2013

Uma fazenda urbana, em Washington D.C., está tentando ajudar na luta contra a má qualidade na alimentação dos habitantes da capital americana, que segundo alguns, é causa direta da epidemia de obesidade. A fazenda fornece aos moradores locais de baixa renda, alimentos frescos e sem agrotóxicos.

A Commom Good City Farm’s fica em um antigo campo de beisebol no bairro de Ledroit Park, – um lembrete de como a atividade física está caindo nos Estados Unidos. A missão principal da fazenda é ajudar os moradores pobres de Washington a terem o suficiente para comer sem ter que recorrer a fast foods ou a alimentos processados, que em geral apresentam baixo valor nutricional, e que muitas vezes são a única opção disponível em bairros pobres.

Moradores de Ledroit Park, onde cerca de um terço dos residentes vivem na pobreza e um quarto são obesos, ajudam no cultivo e na colheita de alimentos na Fazenda Commom Good. Em troca, eles recebem até dezesseis dólares (cerca de 4,5 kg) de frutas e legumes frescos, uma vez por semana durante o período da produção. Tudo na fazenda é cultivado sem fertilizantes químicos ou grandes máquinas industriais. Mas a fazenda não é organicamente certificada porque,  segundo a gerente Anita Adalja, a certificação envolve milhares de dólares, tornando-se um processo muito caro para o projeto, o que não é realmente necessário.

“Não encontramos uma enorme necessidade para isso. Nós distribuímos na comunidade e vendemos para restaurantes que estão à direita da rua, assim eles podem vir aqui e olhar o que estamos fazendo, e observar  nossas práticas “, argumenta Adalja. “Nós estamos fazendo basicamente as mesmas práticas de agricultores orgânicos.”

A gerente Anita Adalja empurra um carrinho de mão cheio de composto da Fazenda Commom Good que produz alimentos frescos para o localidade e para as famílias de baixa renda/ Foto: Karin Zeitvogel

A Commom  Good fornece aos  moradores não só uma comida saudável, mas também aulas de culinária e convence a vizinhança a colocar a mão na massa , ajudando na fazenda. Nos seis anos desde que foi aberta, milhares de pessoas foram  beneficiadas pelos programas educacionais , de acordo com Adalja. E a fazenda, que fica entre casas geminadas e blocos de apartamentos, está se tornando cada vez mais produtiva. “Em 2011, nós crescemos e distribuídos mais de oito mil dólares (cerca de 2.300 kg) de alimentos. Em 2012, foram mais de dez mil dólares”, Adalja disse.

Fazendas comunitárias urbanas também existem em outras grandes cidades americanas, incluindo Nova York, Boston, Milwaukee e Los Angeles. Seu impacto sobre a obesidade não é claro, mas elas ajudam a criar laços fortes e possibilitam um futuro melhor para jovens e idosos. Elas também colaboram com a chamada “segurança alimentar”, que é a garantia ao acesso de alimentos suficientes para uma vida ativa e saudável para todos os membros da família.

CONFIRA IMAGENS DA FAZENDA NO VÍDEO ABAIXO

Traduzido por OragnicsNet, do site Oneco.biofach

Para saber mas sobre a Commom Good clique AQUI

 

Tags:
, , , , , , , , ,

 

 

Deixe seu comentário!

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.