OrganicsNet nas redes sociais:


 

Meio Ambiente. Mercado. Notícias

Investimentos em biomassa movimentam o Sul do país

11/01/2013

Os municípios de Toledo, no Paraná, e Passo do Sobrado, no Rio Grande do Sul,  receberam, esta semana, propostas de investimentos na produção de biomassa e adubo orgânico. Os investidores do empreendimento Biomassas-PS estiveram no gabinete do prefeito de Passo, Caio Baierle, e já oficializaram o negócio. O projeto de Toledo seguirá para análise. Projetos trarão, além de desenvolvimento econômico para as regiões, benefícios ao meio ambiente.

Utilização da cama de aviário na produção de adubo orgânico/ Foto: O Presente Rural

O prefeito de Toledo, Beto Lunitti, e o vice, Adelar Pelanka, receberam o presidente da Associação dos Avicultores do Oeste do Paraná (Aviopar), Luiz Ari Bernardt, e outros representantes da entidade, nesta quinta-feira, 10. Na ocasião, foi apresentado o projeto de construção de uma empresa de produção de adubo organomineral oriundo dos resíduos dos aviários.

O prefeito assumiu o compromisso de formar um grupo de estudos, com representantes de diversas secretarias, para buscar informações sobre como a administração municipal pode auxiliar na captação de recursos e na a execução do projeto. “Vamos verificar locais possíveis para a construção e o planejamento estratégico da mesma, somando esforços para o desenvolvimento de todo o município”, frisou.

Já na cidade de Passo do Sobrado, em uma reunião acompanhada pelos Secretários de Indústria e Comércio, João Regert, Finanças, Evandro Jacobsen, e o secretário de Planejamento, Ivan Sebben, investidores da Biomassas-PS protocolaram, nessa terça-feira, 08, a oficialização e instalação da empresa no município. A Biomassas-PS é focada na produção de briquetes, um composto de matéria orgânica, onde as cascas de pinus, de arroz e a serragem são transformadas em  fonte de energia. No mercado, pode ser utilizado em lareiras, por hotéis, padarias, entre outros.

Futuras instalações da Biomassas-PS / Foto: Gazeta Popular

Benefícios para o meio ambiente

Para o presidente da Aviopar, o primeiro contato com a administração municipal foi bastante positivo. Bernardt ressaltou que a unidade de processamento de resíduos, além de trazer desenvolvimento econômico, vai provocar melhorias nas questões relacionadas à sanidade animal e ao meio ambiente.

Além dele,  o investidor Nestor Diehl, da Biomassas-PS, afirmou que “a produção da empresa é voltada para o meio ambiente. Não há poluição”, tanto para gerar o briquete, ou mesmo após quando este for queimado, diminuindo a geração de carbono na atmosfera.

No ano passado, o Brasil, pela primeira vez, se tornou líder mundial em capacidade instalada para geração de energia por biomassa (obtida a partir de materiais orgânicos como esterco, madeira, resíduos agrícolas e restos de alimentos, entre outros). Os dados são do relatório Who is Winning the Clean Energy Race (ou Quem está Ganhando a Corrida da Energia Limpa, em tradução livre) realizado pelo  Pew Environment Group.


Com dados da BBC- Brasil, Gazeta Popular e O Paraná.

Leia mais

SEBRAE incentiva agricultores orgânicos em Alagoas

Conquistas do movimento orgânico em 2012

Cresce o consumo de alimentos orgânicos no Brasil


 

Tags:
, , , , , , ,

 

 

Deixe seu comentário!

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.