OrganicsNet nas redes sociais:


 

Técnicas

Agricultores de MS adotam plantio de café orgânico

29/05/2013

O plantio do café orgânico se tornou uma boa alternativa para agricultores de Mato Grosso do Sul. O manejo é diferente do cultivo da planta tradicional e pode até ser   feito em consórcio com outras culturas.

Localizada no leste do estado, a cidade de Ivinhema, que fica a 297 km de Campo Grande, é considerada a capital do café. O cultivo do grão é uma das atividades econômicas mais importantes para agricultura familiar na região.

Para agregar mais valor ao produto regional, a Embrapa  Agropecuária iniciou um estudo com o café orgânico. O projeto  é desenvolvido em dois hectares de uma escola rural de Ivinhema. No lote, o café é cultivado em consórcio com outras culturas, como feijão guandu e banana.

A plantação foi cercada por barreiras vegetais, formadas com sansão do campo. O pesquisador Ivo de Sá Motta explica que a proteção cria um ‘microclima’ mais favorável, protege as plantas dos ventos fortes e minimiza a evaporação da água do solo. Com essas medidas, é possível excluir a aplicação dos defensivos.

Clique na imagem e confira a matéria completa

Ainda segundo Motta, o principal objetivo da pesquisa é proporcionar um ambiente saudável para o agricultor. Os primeiros resultados desse trabalho comprovaram que, com o café orgânico, é possível ter alta produtividade sem utilizar agrotóxicos.

“O conjunto de práticas busca um resultado final positivo, no sentido da obtenção de uma alta produtividade com um baixo custo, propiciando rentabilidade para o agricultor, mas em uma relação mais harmoniosa com o meio ambiente”, explicou o pesquisador.

O produtor Valdir Benati Olívio já produziu diferentes lavouras em sua propriedade e, há dois anos, decidiu cultivar novamente o café. Ele recebeu as orientações da Embrapa Agropecuária e adotou algumas das recomendações do plantio do café orgânico, como a plantação de forrageiras entre os pés de café para a proteção do solo.

“Você vê a lavoura mais encorpada, porque devido a cobertura, sustenta mais a umidade no pé de café, ele sofre menos com a seca”, constatou Olívio.

Fonte: G1

leia mais

Café orgânico tem bom desempenho no Mato Grosso do Sul

Funasa quer colaborar com a produção orgânica

Pão de Açucar compra 15 toneladas de arroz orgânico

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK TWITTER

 

Tags:
, , ,

 

 

Deixe seu comentário!

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.