OrganicsNet nas redes sociais:


 

Mercado. Pesquisa

Sebrae auxilia produtores orgânicos

05/08/2013

Ter uma alimentação mais saudável e longe dos agrotóxicos com frutas, verduras e legumes frescos já é realidade para muitas famílias brasileiras.

Foto: Sylvia Wachsner

Graças ao cultivo dos produtos orgânicos é possível obter uma produção com qualidade e sabor diferenciado. Entretanto, as diferenças entre lavouras orgânicas e tradicionais são sutis. A evidência maior está nos produtos que apresentam aspecto mais claro e é mais saboroso, por serem cultivados livres de produtos químicos. Vale ressaltar que a agricultura orgânica é caracterizada pelo processo diferenciado de produção, pois não utiliza agrotóxicos, nem fertilizantes químicos. O sistema tem como base o desenvolvimento sustentável associado à preservação dos recursos naturais, à saúde do consumidor e à valorização do trabalhador rural.

O produtor Alexandre Alvarenga Garcia, de Franca, (SP), explica, por exemplo, que o controle de pragas é feito a partir de combinações que não afetam o meio ambiente, como uma solução à base de pimenta e alho ou até mesmo uma plantação de girassol que afasta os insetos.

O cultivo de produtos orgânicos está em ascensão no Brasil. Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Agrário, a produção aumenta de 15% a 20% por ano. Mesmo diante do crescimento do consumo, os produtores têm desafios na área, como aumentar a produtividade e a oferta. E, para orientá-los nesse segmento que está em constante expansão, o Sebrae-SP conta com o programa AgroSebrae direcionado aos produtores de orgânicos visando a sua preparação para que este consiga se inserir no mercado da forma mais profissional possível.

Foto: Sylvia Wachsn

Em Franca, os produtores de orgânicos são atendidos pelo programa. Evernon Reigada, gestor de Agronegócios do Escritório Regional do Sebrae-SP explicou que o Grupo existe há aproximadamente sete anos. “Eles estão conquistando objetivos já traçados. Em primeiro lugar conseguiram se unir para que pudessem pensar o futuro em conjunto”, conta ressaltando que, em seguida, com o apoio de Sebrae-SP, o Grupo passou por uma série de capacitações e orientações voltadas para as questões de processo, tecnologia e mercado entre outras, o que possibilitou que pudessem se organizar em uma associação, criando a APOFRAN – Associação dos Produtores Orgânicos de Franca.

Após a criação da APOFRAN, os produtores orgânicos obtiveram uma nova conquista: a Certificação Orgânica, o que possibilitou que finalmente o Grupo pudesse comercializar seus produtos com a chancela governamental de reconhecimento do processo produtivo (Selo Orgânico). A comercialização é feita em feiras específicas que acontecem duas vezes por semana na cidade.

Segundo Evernon, entre os objetivos do AgroSebrae estão a melhoria de processos, aporte de novas tecnologias e acesso a mercados ainda não explorados. “Num primeiro momento, após uma prévia avaliação de sua propriedade, o proprietário recebe um Plano de Trabalho onde são apontadas as suas potencialidade e seus pontos a serem melhorados. Em seguida, agendamos visitas in loco às propriedades, feitas por técnicos especializados (Agrônomos, Veterinários e Zootecnistas), e também sugerimos Oficinas coletivas básicas de Gestão (Custo de Produção, Controles Financeiros e Implantação do Caderno de Campo). Com a agenda pronta, iniciamos a parte prática do trabalho, buscando resultados efetivos no campo”, explicou o gestor.

Produção
O Grupo de Produtores Orgânico de Franca oferece hortaliças, processados e frutas totalmente livres de agrotóxicos, entre eles, abacate, abacaxi, acerola, amora, bananas, caju, caqui, carambola, fruta do conde, goiaba, jabuticaba, jaca, jambo, laranjas, lichia, limões, mamões, mangas, maracujá, mexerica, morango, pinha, pitanga, romã, tamarindo, tangerina, uva, aboboras, acelga, agrião, alfaces, alho poro, almeirão, berinjela, beterraba, brócolis cebolas, cenoura, chicória, chuchu, couve, couve flor, espinafre, inhame, jiló, mandioca, maxixe, nabo, pepinos, pimentões, quiabo, rabanete, rúcula, tomates, vagem, café, arroz, bucha e outros diversos produtos.

Hoje os produtores de orgânicos da região de abrangência do Escritório Regional do Sebrae-SP em Franca atendidos pelo AgroSebrae são das cidades de Franca, Itirapuã, Guará, Patrocínio Paulista, Itirapuã, Ribeirão Corrente, São José da Bela Vista, Ibiraci e Sacramento. E, para participar é necessário ser Produtor rural formalizado (com CNPJ), com propriedade situada na região dos 19 municípios atendidos pelo Escritório Regional: Aramina, Batatais, Buritizal, Cristais Paulista, Franca, Jeriquara, Guará, Igarapava, Itirapuã, Ituverava, Miguelópolis, Nuporanga, Patrocínio Paulista, Pedregulho, Restinga, Ribeirão Corrente, Rifaina, São Joaquim da Barra, São José da Bela Vista.

Fonte: Sebrae

Leia mais

Árvore da Sustentabilidade colhe seus frutos

Sebrae divulga relatório sobre o Green Rio

Pará promove seminário sobre certificação orgânica

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK TWITTER

 

Tags:
, , , ,

 

 

Deixe seu comentário!

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.