OrganicsNet nas redes sociais:


 

Notícias

Indígenas do Parque do Xingu recebem certificação para comercializar orgânicos

04/09/2015

 indios_da_etnia_bororo-boe_

 Representantes de diversas etnias indígenas estiveram no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em Brasília para receber o certificado dos produtos orgânicos produzidos dentro da reserva. O primeiro ítem a receber o selo orgânico é o mel do Xingu. Atualmente são mais de 100 apicultores moradores de 30 aldeias nas porções Norte e Leste da terra indígena.

O índio Eraiupi Caiabi está animado com as novas possibilidades que o certificado orgânico pode trazer e fala dos respeito as abelhas e da produção sustentável. Ele explica que em sua aldeia os índios não derrubam madeira para tirar as abelhas, porque são as abelhas que fazem a polinização e aumentam a produção da natureza e a frutas que sustentam a alimentação.

Além do mel de abelhas africanas comuns nos mercados do Brasil, os índios do Xingu também produzem, consomem e comercializam o mel das abelhas nativas da região. Eles pretendem ainda conseguir o certificado para o óleo de pequi, e para produção de pimentas. De acordo com a Fundação Nacional do Ìndio (FUNAI) o povo Sataré Mawe do Amazonas também já busca processo de certificação da produção de guaraná. O selo vem do sistema participativo oferecido pelo Ministério da Agricultura.

Para ouvir a matéria completa produzida pela Rádio EBC, clique aqui.

Fonte: Portal EBC

 

Tags:
, , , ,