OrganicsNet nas redes sociais:


 

Técnicas

Hidroponia orgânica?

23/11/2016
foto: CEUJA

foto: CEUJA

Em 2010 o NOSB, Conselho Nacional dos Padrões Orgânicos dos Estados Unidos, National Organic Standards Board, recomendou proibir a hidroponia, sistema no qual as raízes das plantas crescem na água numa solução nutritiva.

Este comitê, composto por 15 representantes, nomeados pelo Departamento da Agricultura, USDA, faz recomendações sobre as regras e regulamentos, incluindo as substâncias permitidas e proibidas, na cadeia de produção orgânica.

O Programa Orgânico Nacional do USDA não aceitou a recomendação, e algumas certificadoras passaram a considerar certas operações hidropônicas como orgânicas, devido à falta de orientação do USDA.

A questão da hidroponia, assim como de outras soluções as bactérias adicionadas a água, a aquaponia (peixes adicionados a água) e sistemas de recipientes (complexas plantas crescidas em musgo de turfa, fibra de coco ou cobertura vegetal) se resume a saber se uma planta deve ser cultivada no solo ou não. A definição original da produção orgânica, tal como foi escrita em 1995, inclui a palavra “solo”, mas uma revisão realizada em 2002 mencionou “práticas biológicas”, que abriu espaço para o questionamento.

Na ultima reunião o NOSB solicitou maiores esclarecimentos e definição.

México, Canadá, Japão, Nova Zelândia e outras 24 nações europeias proíbem que a produção de vegetais hidroponicos possam ser vendidos como orgânicos em seus países.

No Brasil as praticas hidropônicas não são aceitas como orgânicas, mas alguns agrônomos e produtores, aos poucos, questionam essa definição, sobretudo no que respeita a aquaponia.

Leia a matéria completa:

Fonte: http://livingmaxwell.com/fall-2016-nosb-meeting-carrageenan-excluded-methods-hydroponics

 

Tags:
, , , , ,