OrganicsNet nas redes sociais:


 

Mercado

Startup lança aplicativo para venda de orgânicos em SP

07/12/2017
No aplicativo é possível comprar um kit padrão com diversos alimentos orgânicos por R$ 53,10 (Imagem: Reprodução/Plural)

No aplicativo é possível comprar um kit padrão com diversos alimentos orgânicos por R$ 53,10 (Imagem: Reprodução/Plural)

Lançado recentemente, o Plural Bio, disponível para IOS e Android, é o primeiro aplicativo de São Paulo para compras de produtos orgânicos certificados diretamente dos produtores. No aplicativo é possível comprar frutas, verduras, queijos, azeites, grãos, chás e cafés, além de pratos congelados sem glúten ou lactose. A plataforma também pretende ser referência em vida saudável, produzindo artigos com especialistas sobre saúde, bem estar e desenvolvimento sustentável.

Há um planejamento para que a startup chegue ao setor de cosméticos, produtos de limpeza orgânicos e bioorgânicos em breve. Um verdadeiro market place de produtos livres de agrotóxicos, cujo processo de produção respeita a saúde e o meio ambiente. “Estamos aumentando o leque de parcerias com produtores orgânicos. A ideia é facilitar o acesso às pessoas, incentivar produtores locais e contribuir efetivamente com um planeta mais sustentável”, é o que afirma André Pereira, um dos sócios da startup.

“Nós aceitamos somente produtores credenciados no Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos”, afirma Thiago Libanore, Diretor de Marketing da Viva Vida, holding detentora da marca. O grupo também possui uma fazenda própria, onde se pratica a agricultura orgânica. “A ideia não é competir com outros produtores. Queremos fomentar o mercado e oferecer a maior variedade possível de produtos, serviços e informações do segmento”, completa.

A Plural Bio, além de fazer a venda sem intermediários, garante a logística e evita o desperdício, uma vez que o produto só é retirado da horta quando a compra é efetivada. Inicialmente, as entregas são feitas apenas em São Paulo, Alphaville e redondezas, mas já existe um plano de expansão para outras capitais do Brasil.

Sobre a Certificação Orgânica:

Na Legislação Brasileira de 2007, a certificadora, credenciada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), assegura a procedência orgânica de determinado produto, processo ou serviço que obedece os princípios de: sustentabilidade das propriedades agrícolas, benefícios sociais aos agricultores e menor dependência de energias não renováveis na produção.

Serviço:

http://www.pluralbio.com.br

Telefone: (11) 3842- 1825

Email: suporte@pluralbio.com.br

Fonte: A Tarde – Uol

Veja outras matérias similares: 

A tecnologia como aliada do comércio orgânico

Em São Paulo, dobra o número de empresas que entregam orgânicos em casa

Empresa carioca elabora cardápios semanais com produtos orgânicos e realiza entregas em domicílio

 

 

Tags:
, , , ,