OrganicsNet nas redes sociais:


 

Mercado

Marca de frangos orgânicos foca nos Millennials

21/02/2018
Foto: Reprodução/Facebook SVO

Foto: Reprodução/Facebook SVO

Você já deve ter ouvido falar da geração millennials. Ou não? Se não, os millennials, também conhecidos como a geração Y, são aqueles nascidos entre 1979 e 1995. Um estudo do Google Brasil, feito pelo Google BrandLab de São Paulo, mostra que as marcas precisam tratar os millennials com outros olhos. E é claro, os americanos já estão observando atentamente os movimentos desse grupo que possui acesso a informação 24 horas por dia.

Não dá para considerar todos os jovens consumidores dessa geração como uma massa única de gostos e comportamentos idênticos, no entanto, trata-se de uma geração que tem pouca confiança nas grandes instituições. Nesse contexto, Jefferson Heatwole, co-fundador da Shenandoah Valley Organic (SVO), com sede em Harrisonburg, Virgínia, decidiu impulsar não apenas uma outra marca de frango orgânico, mas um novo modelo de negócio.

O modelo de negócios da SVO visa clientes “milenarizados” que têm pouca confiança em grandes instituições, desejam um produto artesanal, mas querem se sentir conectados à comunidade.

Como funciona o modelo Farmer Focus

A marca de frango da SVO é chamada “Farmer Focus”, que é descrita como “frango de corte manual orgânico”. Segundo a empresa, no Farmer Focus, o frango orgânico é criado em pequenas fazendas familiares comprometidas com os mais altos padrões éticos, com escala livre, certificação de bem-estar e sustentabilidade, sem antibióticos ou consumo de subprodutos animais. Além disso, o produto oferece um código em seu rótulo que indica a fazenda onde o frango foi criado – com isso os consumidores podem inserir um código de identificação da fazenda no site da empresa para ver a história da fazenda onde esse animal foi criado.

Porém, um dos pontos mais explorados pela marca é a ideia de “Fazendeiro Livre”. De acordo com a empresa, o objetivo fundamental da SVO é melhorar o negócio da agricultura, por isso foram buscar, com os próprios produtores, o que seria uma parceria comercial ideal. Sua resposta? “Queremos possuir nossos frangos e manter o controle de nossas fazendas”. Dessa sugestão, surgiu o modelo de negócio focado no fazendeiro, “que permite um orgulho de propriedade, desempenho e realização”.

“O modelo SVO concede liberdade aos produtores tratando-os de forma independente, independentemente do tamanho de suas fazendas, e paga por tempo e cuidados dedicado aos animais”, afirma a empresa. “O resultado final é o frango de alta qualidade e agricultores cujos ganhos refletem seu trabalho árduo e integridade”.

Fonte: Fernanda Oliva – Avicultura Industrial

Veja outras matérias similares:

Millennials: a geração que está impulsionando o consumo de alimentos orgânicos

Carne sustentável quer sair do nicho e ampliar vendas

Empresa brasileira Korin exportará frango orgânico para o mercado árabe

 

Tags:
, , , , , ,