OrganicsNet nas redes sociais:


 

Técnicas

Recomendações básicas de Biosseguridade para pequena escala de produção avícola

10/03/2020

Confira o manual da Embrapa Suínos e Aves que apresenta orientações aos produtores de aves em pequena escala (até mil animais) e que destinam suas aves, produtos e subprodutos a comércios locais intramunicipais e municípios adjacentes.

A criação de galinhas é uma atividade economicamente viável e interessante, que pode ser instalada em pequenas áreas de produção. O sucesso da produção depende de quatro fatores principais: a genética, a alimentação, o manejo e o controle sanitário das aves. Muitos agentes infecciosos e parasitários podem chegar até a granja e causar doenças nas galinhas. Alguns desses agentes infecciosos podem chegar ao ovo e à carne da ave, seja por meio da contaminação do sistema reprodutivo da galinha ou pela presença no ambiente. Ao implementar e manter boas práticas de produção baseadas em biosseguridade, os produtores podem minimizar o risco de doenças nas aves e contaminações em seus produtos.

Os procedimentos para registro, fiscalização e controle sanitário dos estabelecimentos avícolas de reprodução, comerciais e de ensino ou pesquisa com mais de mil aves ou com até mil aves, mas que não comercializem suas aves, produtos e subprodutos somente a comércios locais e intramunicipais e municípios adjacentes, estão descritos na Instrução Normativa Mapa nº 56, de 4 de dezembro de 2007 e não estão contemplados neste manual.

Clique na imagem abaixo e confira o manual na íntegra:

Fonte: Embrapa Suínos e Aves

 

Tags:
, , , , ,