OrganicsNet nas redes sociais:


 

Categoria: ‘Notícias’

Preços abusivos e concorrência desleal desafiam os orgânicos

Uma das fundadoras da Associação Terra Viva, acredita que é na união entre produtores, distribuidores e consumidores que está o segredo para o equilíbrio da cadeia produtiva, tanto na questão dos preços como para afastar enganadores. “Se eu vejo alguém com uma placa dizendo que vende orgânicos, vou lá saber detalhes. Enganar a população é crime.”

“Revolução verde de 1950 agora tem o efeito de degradar o solo”

O agrotóxico deu uma contribuição importante que agora esta acabando. “Advogo pela evolução. Temos que emigrar da era do agrotóxico para uma outra era”, indicou Leontino Balbo dono da Usina São Francisco.

Banana, a fruta que pode se tornar o principal produto da nossa produção orgânica

O manejo natural da banana torna a fruta uma das culturas mais fáceis de se adaptar ao sistema orgânico. De acordo com Ana Lúcia Borges, pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Mandioca e Fruticultura, aproximadamente, dois terços de toda a massa da bananeira retorna para o solo, restituindo quase 70% dos nutrientes que produz, não sendo necessário colocar tanto adubo. E isso vem de encontro com os métodos orgânicos, que exigem técnicas ambientalmente sustentáveis e a não utilização de agrotóxicos ou adubos químicos solúveis.

Ex-piloto de F-1 faz de fazenda da família uma incubadora de sustentabilidade

O novo negócio de Pedro Paulo Diniz foi criado neste ano para levar a 1 milhão de hectares no Brasil o modelo que associa agricultura, pecuária e floresta. “Precisamos sair de um paradigma de escassez, de competir por recursos naturais, para um de abundância”, afirma. Seu cartão de visitas é a Toca, a primeira fazenda certificada como Empresa B no mundo, ao se consolidar como negócio de impacto positivo.

Paraná valoriza a agricultura familiar para garantir merenda saudável e movimentar economia local

Garantir aos alunos de escolas estaduais alimentos de qualidade, seguros e nutritivos e, além disso, contribuir para o desenvolvimento local de forma sustentável. Esses são os objetivos do programa de compra de alimentos de agricultores familiares para compor a alimentação escolar. No Paraná, mais de 18.100 famílias de pequenos agricultores entregam atualmente produtos para a alimentação dos estudantes, por meio de associações e cooperativas.

Agricultores do Ceará apostam na produção de algodão orgânico

O algodão orgânico é certificado pelo Instituto Biodinâmico (IBD). A produção tem venda garantida para empresas que atuam no setor de confecção de roupas e calçados (tênis), que utilizam matérias-primas de origem agroecológica. O preço de comercialização já é conhecido no início de cada ano.

IBD aprova primeiro adjuvante sustentável para a agricultura orgânica

O IBD aprovou o primeiro adjuvante sustentável para uso na agricultura orgânica. O produto aprovado aumenta o desempenho da pulverização, gerando eficiência operacional e ambiental na produção de cultivos orgânicos. Trata-se de um superespalhante, que traz inúmeras vantagens para o agricultor, como maior rendimento e facilidade no manejo do produto, redução dos custos operacionais, economia de água, resistência à chuva, entre outras.

Ovo caipira, orgânico e cage free: aprenda a diferenciar os tipos

O professor Bruno Antunes Soares, especialista em aves, explica o que muda do ovo industrial para o caipira, o ‘cage free’ e o orgânico. “O ovo orgânico é o ovo da galinha criada de forma similar à da galinha caipira, mas que só pode ser alimentada com insumos sem nenhum agrotóxico ou ingredientes transgênicos”, explica.

Idec lança guia sobre como introduzir alimentos orgânicos nas escolas

O Idec, Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, lançou recentemente o livro Alimentos Orgânicos nas Escolas – Guia Para Gestores, cujo conteúdo apresenta experiências de sucesso em escolas de diferentes partes do Brasil que priorizam a aquisição de alimentos orgânicos e com base na agricultura familiar. O objetivo da publicação é promover a saúde e o bem-estar por meio de práticas sustentáveis e da inserção de alimentos orgânicos e agroecológicos nas instituições de ensino.

Para dirigente do Akatu, consumo consciente faz parte da cidadania

“A cidadania é um protagonismo cívico, tomar decisões em prol do coletivo, um protagonismo individual e em grupo que cria bons exemplos para os outros. Levado ao consumo, pode ter fortes impactos no meio ambiente e na sociedade. É portanto, um instrumento da vida cotidiana acessível a todas as pessoas, para que possam ter melhores impactos. Desde que o Akatu começou nosso mote é: transformar o cidadão consumidor num consumidor-cidadão, que se preocupa com os impactos do consumo no coletivo e no meio ambiente”, afirma Helio Mattar que há 17 anos está à frente do Instituto Akatu, dedicado à pesquisa, ensino e difusão de práticas sustentáveis.

Empresa argentina Adecoagro aposta em açúcar orgânico

A argentina Adecoagro, que conta com três usinas no Brasil, está produzindo sua primeira safra de açúcar orgânico e espera encerrar essa fase inicial da aposta com produção de 7.000 toneladas. O açúcar orgânico da Adecoagro será produzido na Usina Monte Alegre, na cidade de mesmo nome em Minas Gerais. No entorno, foram reservados 3.000 hectares para cultivar cana de forma orgânica.

PNAPO é finalista do Future Policy Award – Prêmio de Políticas para o Futuro

A Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica – PNAPO foi selecionada como uma das melhores políticas do mundo no apoio à ampliação de abordagens agroecológicas. Em 2018, o Prêmio de Políticas para o Futuro (Future Policy Awards FPA) homenageará políticas que efetivamente expandem abordagens agroecológicas no nível local, nacional e internacional. O prêmio celebrará exemplos notáveis de políticas que geram mudanças transformadoras na forma como produzimos e consumimos nossos alimentos. Os vencedores deste ano serão anunciados no dia 12 de outubro de 2018 e celebrados durante a Semana Mundial de Alimentação, em cerimônia no dia 15 de outubro de 2018, na sede da FAO em Roma. O evento será transmitido ao vivo.

Ana Maria Primavesi, expoente maior da agroecologia, completa 98 anos

Ana Maria Primavesi, a primeira mulher a afirmar, num meio exclusivamente masculino, que o solo tem vida, completa 98 anos. A engenheira agrônoma formada pela Universidade Agrícola de Viena veio para o Brasil nos anos 50 onde iniciou a carreira acadêmica e a atuação militante. Se hoje a agricultura orgânica renasce como alternativa efetivamente viável para alimentar a população mundial, aliando à produção de alimentos a conservação dos solos, deve-se principalmente aos estudos de Ana Primavesi.

Curso de Pecuária Leiteira Orgânica destaca a importância da gestão da água

Produtores e técnicos que participam do curso de Pecuária Leiteira Orgânica conheceram um pouco mais sobre manejo ambiental. Durante o quarto módulo, que ocorreu nos dias 28 e 29 de setembro, na Embrapa Pecuária Sudeste, um dos destaques foi o tema gestão da água. O pesquisador Julio Palhares falou sobre a importância do manejo hídrico. Segundo ele, deve-se adotar os 5 ‘Rs’ na produção animal: reduzir o consumo de água, reutilizar os efluentes, recuperar a qualidade da água, reciclá-la em outros usos e reabastecer as fontes, preservando as nascentes, por exemplo.

Para representante do movimento Slow Food no Brasil, a certificação atrapalha produtores de orgânicos

Por que os agricultores orgânicos devem pagar uma taxa anual para colocar um selo que certifica sua produção como livre de veneno enquanto o produtor que usa agroquímicos não tem obrigação alguma? Essa é uma das perguntas do agricultor familiar Antonio Augusto Santos, um dos representantes do movimento Slow Food no Brasil, que defende o direito das pessoas de sentir prazer na alimentação, utilizando produtos artesanais de qualidade que são produzidos respeitando o meio ambiente, os agricultores e consumidores.

Brasil assina parceria com o Chile para comercialização de orgânicos

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, e o ministro da Agricultura do Chile, Antonio Walker Prieto, assinaram um acordo com o objetivo de promover ações para facilitar o comércio de produtos orgânicos entre os dois países. O texto assinado prevê uma colaboração mútua na fiscalização e controle dos produtos e políticas voltadas para o desenvolvimento da produção orgânica, além da melhoria das bases de dados e de normas e regulamentos que regem a atividade. Esse é o primeiro reconhecimento mútuo de semelhanças nas normativas de produção orgânica negociado entre países da América do Sul.

No Amazonas, produtores de guaraná adotarão práticas agrícolas mais sustentáveis

Produtores do Amazonas, com o apoio da Coca-Cola Brasil e do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), passarão a adotar práticas agrícolas ainda mais sustentáveis no cultivo do guaraná com a utilização da plataforma FSA-SAI (Iniciativa para uma Agricultura Sustentável – Sustainable Agriculture Iniciative). Utilizada em mais de 26 países, a meta é facilitar a absorção de melhores práticas de gestão compartilhada pelas indústrias e produtores agrícolas para modelos com padrões de avaliação de sustentabilidade.

Fertilizante orgânico é desenvolvido a partir da biomassa de plantas

Produzido a partir da biomassa aérea (parte da planta que fica para fora da terra) de espécies leguminosas, o N-verde é um fertilizante orgânico vegetal rico em nitrogênio (N) e de fácil aplicação.

IBEM lança o Portal Animais Orgânicos

Com o objetivo de difundir informações de fontes confiáveis, especialmente sobre criações orgânicas de animais para a produção de alimentos e visando o desenvolvimento de uma rede global de intercâmbio e a qualificação das criações orgânicas no Brasil, o Instituto do Bem-Estar (IBEM) lançou essa semana o Portal Animais Orgânicos.

Cultivo de grão-de-bico é testado no sistema orgânico em SP e ampliado no MT

Duas experiências distintas, em estados diferentes, para uma mesma cultura. Enquanto no Mato Grosso, em 2018, a área de cultivo de grão-de-bico ampliou de 60 para 6 mil hectares, em São Paulo a leguminosa foi testada no sistema orgânico.

Técnicas simples são destaque em curso de leite orgânico

O terceiro módulo do curso de Pecuária Leiteira Orgânica mostrou aos participantes que técnicas simples, fáceis de serem aplicadas, podem representar um avanço na qualidade do leite produzido em propriedades brasileiras. O curso acontece em cinco módulos e o próximo ocorrerá na Embrapa Pecuária Sudeste no final deste mês, nos dias 28 e 29.

Variedades exóticas de legumes e hortaliças começam a entrar no cardápio do brasileiro

Cenouras roxas, amarelas e vermelhas, beterrabas douradas, quiabo roxo, rabanetes de casca branca e polpa cor-de-rosa, couve-flor roxa, esses são alguns dos legumes e verduras de cores incomuns que estão cada vez mais presentes nos mercados e nos pratos de restaurantes. Boa parte dessas variedades está sendo trabalhada por produtores orgânicos ou sustentáveis, que se preocupam com as boas práticas do plantio. O resultado são alimentos que concentram mais sabor, além da cor diferenciada.

Visando o aumento da produção orgânica, especialistas defendem mais subsídios para o setor

A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), do governo federal, oferece uma linha de crédito de investimento para agroecologia, o Pronaf Agroecologia, concedida a agricultores familiares que apresentarem projeto técnico para sistemas de produção de base agroecológica. No entanto, o agricultor tem que devolver o valor em até dez anos com encargos financeiros de 2,5% ao ano.

Câmara discute propostas sobre orgânicos e agrotóxicos

O projeto de lei (PL) 4576/2015, que trata da comercialização de alimentos orgânicos, aguarda parecer na Comissão de Defesa do Consumidor para seguir em tramitação na Câmara. A proposta em discussão tem posição contrária tanto do Ministério da Agricultura, como de representantes do setor da agricultura orgânica, em situação oposta à polêmica do PL 6299/02, que trata do registro, fiscalização e controle dos agrotóxicos no país, com defensores na Câmara e críticas de especialistas e entidades.

Em parceria com a UFRRJ, PESAGRO-RIO disponibiliza catálogo sobre sementes orgânicas

A PESAGRO-RIO está disponibilizando para download o “Catálogo de Sementes Produzidas Sob Manejo Orgânico”. Nessa publicação, os agricultores poderão conhecer as variedades disponibilizadas pela PESAGRO. Em seguida, será possível solicitar pequenas quantidades (10 a 20 g por variedade) para iniciar a multiplicação de suas próprias sementes.