ABIO comemora R$ 3,5 milhões de faturamento anual

Reportagens da TV Brasil abordam o crescimento da produção e comércio de orgânicos no país.  Hoje, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), o Brasil tem cerca de 90 mil agricultores que trabalham com orgânicos. Um mercado que movimenta aproximadamente R$ 500 milhões por ano.

A maior associação de agricultores biológicos do Estado do Rio, a ABIO, comemora o aumento do faturamento anual, que passou de R$ 600 mil para R$ 3,5 milhões. O incrível, é que este faturamento refere -se apenas às seis feiras do Circuito Carioca de Feiras Orgânicas (Glória, Bairro Peixoto, Ipanema, Jardim Botânico e Tijuca), coordenadas pela associação. De acordo com Cristina Ribeiro, coordenadora da ABIO “esse valor retorna em quase sua totalidade aos produtores, o que explica o aumento do número de agricultores e expansão das áreas cultivadas, o aumento dos investimentos na produção, e o mais importante, a melhoria da qualidade de vida dos associados”.  Atualmente, só a cidade do Rio de Janeiro conta com vinte feiras orgânicas,  sendo a maioria localizada na Zona sul da cidade.

Quem também concorda com a tese de evolução desse mercado é a coordenadora do Centro de Inteligência em Orgânicos, Sylvia Wachsner, que destaca o aumento da demanda internacional por produtos orgânicos produzidos no Brasil, como o açaí,  impulsionando as exportações.  A coordenadora alerta também para a importância dos produtos ditos orgânicos, apresentarem o selo Orgânicos Brasil, “selo do Governo brasileiro, que atesta que o produto está certificado por uma certificadora cadastrada no Ministério da Agricultura”.

CONFIRA AS REPORTAGENS ABAIXO

Fonte:  TV BRASIL

ERRATA:  O valor de 3,5 milhões de reais não se refere ao faturamento total da ABIO, como afirma matéria da TV BRASIL, e sim ao movimento financeiro anual das Feiras do Circuito Carioca de Feiras Orgânicas coordenadas pela ABIO. São elas: Glória, Bairro Peixoto, Ipanema, Jardim Botânico e Tijuca. Outro esclarecimento: Fiora Serafina não é o gerente do Circuito Carioca de Feiras Orgânicas, como também indicou a reportagem da TV BRASIL, mas sim, gerente das feiras do Bairro Peixoto, Ipanema e Tijuca.  Atenciosamente, Equipe OrganicsNet.

 

Leia mais

Sylvia Wachsner destaca o crescimento da produção orgânica no Brasil

Plano Nacional da Agroecologia e Produção Orgânica deve ser lançado em março

Fazenda urbana, em Washington, produz alimentos para moradores pobres

Share your thoughts