Alimentação saudável nas escolas é tema de artigo

Artigo publicado pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (IPARDES), em dezembro de 2012, traça desafios  do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). O pesquisador do Instituto e engenheiro agrônomo,  Ivo Melão, no artigo “Produtos Sustentáveis na alimentação escolar: o PNAE no Paraná”, destaca a importância do programa  na construção de hábitos alimentares mais saudáveis e na promoção de qualidade de vida entre as crianças.

O PNAE beneficia  47 milhões de estudantes da educação básica no Brasil , sendo 1,3 milhão no Paraná. Considerando a questão da segurança alimentar e nutricional, o texto apresenta a relevância da agricultura familiar como principal fornecedora de alimentos básicos às escolas, e  a sustentabilidade, por meio da produção orgânica e agroecológica, percebida por dimensões sociais e ambientais que estruturam o próprio programa. O texto também suscita a educação para o consumo, uma estratégia pedagógica, que consiste na discussão de hábitos e estilos de vida.

Por fim, o autor enumera alguns desafios e perspectivas para o PNAE, tais como: o entendimento, por parte do poder público, sobre a importância do alimento agroecológico na alimentação escolar (vontade política); formação e capacitação de nutricionistas, merendeiras, professoras, entre outros; promoção de conscientização na comunidade escolar sobre a alimentação saudável, entendendo que esta é uma habilidade adquirida socialmente; formação de consumidores conscientes em relação à origem dos alimentos que consomem.

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA O ARTIGO NA ÍNTEGRA:

PRODUTOS SUSTENTÁVEIS NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR: O PNAE NO PARANÁ


Quer saber mais sobre o IPARDES? Acesse: www.ipardes.pr.gov.br

Fonte: IPARDES

Leia mais

Agricultura familiar movimenta R$ 4 bilhões no Brasil

Paraná investe em alimentos orgânicos

Alimentos orgânicos brasileiros chegam à Europa

Share your thoughts