Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos é exigido pela Conab

                       

 Desenvolvido pelo Ministério da Agricultura, o Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos coleta informações sobre os agricultores certificados para comercializar alimentos orgânicos. Através dessa nova regra, os produtos industrializados devem estar de acordo com as determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

  Segundo o Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à fome (MDS), as mudanças na compra de produtos orgânicos geram inclusão produtiva e desenvolvimento sustentável. “Estamos preocupados em melhorar a qualidade dos alimentos consumidos pela população brasileira. Temos um grande desafio de produzir, comercializar e consumir alimentos saudáveis, por isso, há a necessidade de ter algo que garanta que o produto é diferenciado, é um produto agroecológico”, destacou.

 O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), promove a compra de produtos de agricultores familiares com isenção de licitação, e seus produtos são destinados à formação de cestas básicas distribuídas para grupos específicos, entidades da rede socioassistencial, equipamentos públicos de alimentação e nutrição, entre outros. Através dessa nova regra de cadastro implementada pela Conab, as operações são padronizadas e mais agilidade e transparência são garantidas durante a execução do PAA.

 Em 2013, mais da metade do faturamento da Coopercuc (R$ 1,5 milhão) é resultado das vendas para o PAA. “É um programa importante para nós porque valoriza os nossos produtos e promove uma alimentação saudável para quem recebe os alimentos”, conta a produtora Benedita. 

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à fome (MDS)

Share your thoughts