Centro Tecnológico realiza pesquisas em Agroecologia no Sertão de PE

 

Horta orgânica em Petrolina Foto Ruama Sena - Arquivo pessoal

Horta orgânica em Petrolina (Foto: Ruana Sena /Arquivo pessoal)

 

Estão sendo realizadas em Petrolina, no Sertão pernambucano, ações de extensão tecnológica, pesquisa científica e educação profissional na área de Agroecologia. Elas são desenvolvidas por estudantes do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) em Agroecologia e Produção Orgânica no Campus Zona Rural do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE). O local existe há dois anos e funciona como um departamento que desenvolve, inclusive, práticas para a comunidade.

Ao todo, 14 bolsistas trabalham na produção da horta e na plantação de uva e mamão orgânicos, abelhas sem ferrão, compostagem, adubação verde, entre outras práticas relacionadas à Agroecologia. Para a comunidade foram criadas hortas em escolas públicas sem o uso de agrotóxicos, além de cursos ministrados em assentamentos.

O objetivo é realizar atividades em parceria com organizações não governamentais e instituições. Segundo o professor coordenador do projeto, Fábio Freire, a principal função do Centro é articular uma rede de Agroecologia no estado. “Nossa região é extremamente forte na produção agrícola. Já a Agroecologia e a produção orgânica ainda estão crescendo. Na nossa região existem mais 40 produtores orgânicos certificados. O trabalho dos estudantes é fundamental para a formação deles que são a ponte para a comunidade externa”, conta.

A inauguração oficial do Centro aconteceu nesta sexta-feira (05 de dezembro de 2014) no IF Sertão-PE, Campus Zona Rural. Participaram a comunidade acadêmica do instituto, profissionais de agricultura e agroecologia, além de parceiros e toda a comunidade externa.

 

Share your thoughts