China e Nova Zelândia reconhecem certificação orgânica

foto: OrganicsNet
foto: OrganicsNet

A China e a Nova Zelândia assinaram, nesta semana, um acordo para reconhecer mutuamente os alimentos orgânicos com etiquetas de certificação oficiais para facilitar o desenvolvimento e comércio desses produtos.

A Administração de Certificação e Credenciamento da China e o Ministério das Indústrias Primárias da Nova Zelândia concordaram em reconhecer mutuamente as certificações um do outro nas importações de alimentos orgânicos.

Este é o primeiro acordo de reconhecimento mútuo para certificação de alimentos orgânicos que a China assinou com um país estrangeiro.

A China exporta principalmente café, vegetais congelados e alimentos para animais para a Nova Zelândia, e importa laticínios, carne e frutas do país. Em conformidade com o acordo, todos os alimentos orgânicos devem ser marcados com etiquetas e códigos de certificação chineses.

Dados oficiais mostraram que a China vendeu alimentos orgânicos no valor de 60 bilhões de yuans (US$ 8,78 bilhões) no ano passado. A China é o quarto maior destino para as exportações de alimentos orgânicos da Nova Zelândia.

fonte:  Agência Xinhua