Compostagem – Do Campo para sua Casa

O que é, e como funciona a compostagem?

Praticada pelos chineses há mais de cinco mil anos, a compostagem nada mais é do que a transformação de resíduos de matéria orgânica (cascas de frutas e sobras de alimentos), em adubo (composto orgânico). Nada muito diferente do que natureza faz há bilhões de anos, desde que surgiram os primeiros microorganismos decompositores.

É considerada uma espécie de reciclagem de lixo, pois o adubo gerado pode ser usado tanto na agricultura, quanto em jardins e plantas.

A compostagem é realizada com o uso dos próprios microorganismos presentes em nosso lixo orgânico, em condições ideais de temperatura, aeração e umidade. Na natureza, observamos que cada resíduo, seja ele de origem animal ou vegetal, é reaproveitado pelo ecossistema como fonte de nutrientes para as plantas. Quando procedemos com a compostagem estamos seguindo as regras naturais e destinando corretamente os detritos que geramos.

Tradicionalmente a compostagem é vista como uma prática usual em propriedades rurais e centrais de reciclagem de resíduos. No primeiro caso é uma estratégia do agricultor para transformar os resíduos agrícolas em adubos essenciais para a prática da agricultura orgânica. No segundo é uma necessidade administrativa, que tem a intenção de diminuir o volume do material a ser gerenciado, além de estabilizar o material poluente.

Mas o que nós cidadãos podemos fazer em nossas casas para colaborar com este processo?

No espaço urbano existe a crença de que lixo deve ser recolhido pela prefeitura e despejado em local específico, longe da população. Esta realidade está sendo mudada, graças às ações de alguns municípios e pelos avanços nas leis e normas ambientais em nosso país.

A compostagem domiciliar permite que cidadãos comuns também possam contribuir para diminuir o lixo gerado, reduzindo os resíduos orgânicos, e facilitando o processo de reciclagem dos materiais inorgânicos. Para realizá-la, o primeiro passo a ser tomado é a divisão do lixo entre detritos orgânicos, e inorgânicos.

Entre os muitos modelos de composteira existentes, destacam-se os engradados de PVC (utilizados em supermercados para o transporte das compras). Com dois ou três engradados podemos montar um sistema de compostagem bem eficiente e que não ocupa muito espaço. Aprenda como produzir sua composteira no post “Compostagem 2”

Share your thoughts