Compostagem 2 – Passo a Passo

Como montar a composteira em espaços mínimos (sacadas e áreas de serviço)

1. Umedeça de seis ou oito folhas de jornal, e forre por dentro um engradado de PVC, formando uma camada espessa. Depois de acomodadas as folhas de jornal, fure o fundo do engradado.

2. Preencha o fundo deste engradado com um composto orgânico já pronto e com humos de minhoca. Estes produtos são facilmente encontrados nos supermercados e em floriculturas. Faça uma camada de mais ou menos 10 cm de espessura com este material.

3. Escolha no seu lixo orgânico algumas porções de cascas de frutas ou folhas de verduras. Enterre este material no composto.

4. Cubra tudo com mais uma camada de jornal. O jornal tem que estar sempre úmido, caso contrário roubará água do material que esta sendo compostado e este não ficará pronto em poucas semanas.

5. Providencie uma tampa para o seu composto.

6. Observe por alguns dias quanto tempo as pequenas minhocas levam para comer uma determinada quantidade de lixo orgânico. Esta é a capacidade de reciclagem da sua composteira. À medida que as minhocas vão crescendo e se reproduzindo, o consumo de resíduo orgânico vai aumentando. Uma minhoca pode comer o próprio peso em um único dia. Após três meses de composteira, as minhocas passam a se reproduzir, podendo depositar um casulo a cada semana. Cada casulo desses pode gerar de quatro a doze pequenas minhocas. Uma composteira doméstica pode ser considerada eficiente quando os resíduos orgânicos desaparecerem por completo em menos de duas semanas.

O que fazer quando a composteira está cheia?

As composteiras domésticas sempre têm uma quantidade de material pronto, uma parcela de material em processo de decomposição e uma porção diária de lixo orgânico ainda fresco. Isto dificulta bastante a coleta do material que já está pronto para o uso. A solução para este problema é a seguinte:

Um engradado na composteira vai sendo lentamente preenchido, e as minhocas vão comendo e reciclando material de baixo para cima. Quando este estiver completamente cheio, o material já reciclado ficará no fundo, e o lixo fresco junto à superfície. Isto é inevitável. Uma maneira dbem simples de se contornar este problema é forrar as laterais de um novo engradado e empilhar sobre o primeiro.

Assim, dê continuidade ao processo colocando uma porção do composto cheio de minhocas no fundo do segundo engradado e siga o processo normalmente. Desta forma as minhocas continuarão trabalhando no sentido vertical e em algumas semanas a sua primeira caixa estará completamente reciclada e você terá mais ou menos 25 Kg de adubo orgânico de excelente qualidade.

Share your thoughts