Diretrizes de ingredientes orgânicos e naturais – IBD

Estas diretrizes abrangem a certificação de ingredientes orgânicosnaturais e de extrativismo, bem como as normas para certificação de produtos cosméticos e de higiene pessoal destinados ao consumidor final. Esta norma é compatível com qualquer norma internacional para tratamento do corpo e produtos de beleza.

Os avanços tecnológicos, a busca por melhorias na saúde e os cuidados com o meio ambiente, principalmente no setor alimentício, aumentaram a relevância do uso de produtos naturais pelos consumidores. Os consumidores mudaram seus hábitos e estão atentos aos aspectos naturais também quando adquirem cosméticos e produtos de higiene. No entanto a comparação do que é natural em alimentos e cosméticos é diferente. Os aspectos mais relevantes quanto ao tema natural em alimentos incluem sua ocorrência na natureza, formas de cultivo e rastreabilidade de produção. Estes aspectos estão refletidos nos diferentes selos orgânicos e naturais. Já os cosméticos naturais, ao contrário, são geralmente composições complexas, principalmente de matérias-primas naturais, porém processadas. Portanto, devem ser avaliados de forma diferente. Um dos maiores desafios no desenvolvimento de produtos cosméticos naturais, além da seleção adequada de matérias-primas, é oferecer produtos seguros, eficazes, eficientes e com qualidades sensoriais adequadas aos consumidores. No entanto, em geral, produtos deste tipo não podem ser fabricados exclusivamente com ingredientes naturais puros. Os aspectos do desenvolvimento sustentável devem ser levados em consideração ao longo de toda cadeia produtiva, respeitando a biodiversidade.

fonte: IBD

Clique na Imagem abaixo e confira:

Fonte: IBD Certificações