Emissão de tokens da Raiar Orgânicos democratiza investimento de impacto no país.

Fotografia: Raiar Orgânicos.

A Raiar Orgânicos, empresa voltada para produção de proteínas 100% orgânicas, concluiu a captação de R $1,36 milhão para financiamento da produção de grãos por pequenos produtores de agricultura familiar. A operação ocorreu por meio de tokens de CPR (Cédula de Produto Rural) e foi capitaneada pela empresa de investimentos de impacto Gaia Impacto e pela plataforma de tokenização de ativos Liqi.

A emissão tornou a Raiar Orgânicos a primeira empresa do país a operar com os chamados “Tokens de Impacto”, títulos financeiros transformados em ativos digitais via blockchain e voltados, exclusivamente, a projetos de impacto positivo – uma categoria específica do universo dos tokens. Esse tipo de operação tem como principal objetivo democratizar os investimentos e tratar todos os investidores da mesma forma.

A oferta da Raiar ocorreu de forma restrita a quem possui cadastro na plataforma da Liqi. A captação atraiu 60 investidores, com investimentos entre R$ 25 e R$ 240 mil e foi concluída em apenas cinco dias. “Enxergamos a importância de trazermos a investidores pequenos a possibilidade de participar de uma oportunidade que fará a diferença na vida de muitos.  A tokenização surge como uma ótima e inovadora alternativa porque, com o uso da tecnologia, é possível simplificar todo o processo, de maneira muito eficiente, permitindo viabilizar operações para valores menores e ainda democratizar acessos”, diz Daniel Coquieri, CEO e fundador da Liqi.

Os tokens foram emitidos com a intenção de financiar o cultivo de milho orgânico da safra 2021/22 de agricultores familiares que fazem parte da cadeia de suprimentos da Raiar.  O cereal é o principal componente da ração oferecida às galinhas criadas livres e sem antibióticos pela Raiar, produtora de ovos orgânicos que acaba de iniciar operações.

Localizada em Avaré, no interior paulista, a Raiar traz para o setor uma estratégia de negócio baseada no tripé tecnologia, bem-estar animal e fomento à produção de grãos orgânicos junto a pequenos produtores. Atualmente, a empresa trabalha com famílias nos Estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás.

O fomento à produção do grão pela Raiar ataca um gargalo estrutural na agricultura orgânica nacional e ajuda a melhorar as condições de vida dos agricultores, elevando em média 30% a renda das famílias. “A tecnologia é uma aliada na produção orgânica, na medida em que ela possibilita ganho de escala e acessibilidade – para quem produz, para quem compra e para quem quer investir numa nova forma de produzir alimentos no país”, afirma Luis Barbieri, sócio-fundador da Raiar. A previsão é de que os primeiros ovos cheguem ao mercado em dezembro deste ano.

“Investimento de Impacto é uma grande revolução no mercado financeiro, porque mostra que dá pra investir, ter rentabilidade e fazer o bem. E o sucesso do Token Raiar vem pra comprovar isso. Seja com R$ 25 ou R$ 240 mil, essas pessoas vão promover inclusão e cuidar do meio ambiente.  Ou seja, investiram, vão ter retorno, e ainda deixar um legado positivo no mundo. Parece óbvio. E é. Por isso é revolucionário”, afirma João Paulo Pacifico, CEO da Gaia Impacto.

Sobre a Liqi

Fundada em 2021, pelos empresários Daniel Coquieri, especialista no mercado de criptomoedas, Persio Flexa, especialista no desenvolvimento de smart contracts, André Montenegro, responsável por identificar e fomentar novos negócios e Felippe Percigo, responsável por toda área de Marketing, a Liqi é uma plataforma de tokenização que democratiza o acesso a ativos em frações digitais, através da tecnologia do blockchain.

Sobre o Grupo Gaia
Fundado em 2009, com mais de R$20bi em operações, o Grupo Gaia é especialista em securitização, atuando no setor imobiliário, agrícola, crédito financeiro e gestão de cobrança.

Empresa B desde 2014, sempre teve a preocupação com o impacto socioambiental. O foco em deixar um legado positivo no mundo passou também a fazer parte dos negócios, em operações inovadoras como a Debênture do Bem (2018, financiando reformas de casas na comunidade, pelo programa Vivenda). Nasceu, então, a Gaia Impacto, para realizar cada vez mais operações que buscam o equilíbrio entre risco, retorno e impacto, gerando valor para quem investe, para o projeto investido e causando impacto positivo no mundo.

Sobre a Raiar

A Raiar é uma empresa dedicada 100% à produção de proteínas orgânicas. Sustentável e transparente, ela investe em tecnologia, bem-estar animal e fomento à produção de grãos orgânicos junto a pequenos produtores como elementos-chaves para geração de escala e expansão da oferta de proteína orgânica. Criada em 2020 por cinco sócios-fundadores unidos em torno do objetivo de revolucionar a cadeia produtiva de alimentos orgânicos, a Raiar Orgânicos já nasce como uma das maiores empresas do setor no país, com estrutura para pesquisa e desenvolvimento de tecnologias nutricionais e de bem-estar animal.

Fonte: