India incrementa a exportação de orgânicos em 50%

Algodão orgânico na India. Maharashtra, India. Foto: Zameen Organic.

A tendência crescente de produção de alimentos orgânicos em todo o mundo aumentou e, com isso, a busca pelos produtos provenientes da agricultura orgânica da Índia também. As exportações de alimentos orgânicos do país aumentaram 50% para 5.151 milhões de INR no ciclo 2018/1919.

O desenvolvimento da exportação de produtos agrícolas e de alimentos processados (APEDA) declarou que as exportações de alimentos orgânicos ficaram em Rs 5151 crore, contra Rs 3.453 crore em 2017-18. O volume de exportações em 2018-19 foi de 6.14 milhões de toneladas. A Índia produziu 2.67 milhões de toneladas de produtos orgânicos certificados, que incluem sementes de oleaginosas, arroz, cana de açúcar, cereais e milho, leguminosas, frutas, temperos, legumes, frutas secas, chá e café. Além disso, a Índia produzia fibra de algodão orgânico.

A demanda doméstica por produtos orgânicos agrícolas é de cerca de Rs 2500 crore. Além disso, a Índia testemunhou um aumento de duas vezes na demanda, responsável por produtos sem produtos químicos e pesticidas.

Os alimentos orgânicos mais procurados incluem soja, gergelim, sementes de linho, ervilha-de-pombo, grama vermelha, chá e algumas plantas medicinais. Os principais destinos de produtos orgânicos incluem EUA, Suíça, Canadá, União Europeia, Austrália e Israel. Além disso, a Alemanha é um dos maiores importadores de produtos orgânicos da Índia, enquanto há uma boa demanda em Taiwan, Coréia do Sul e Canadá.

A área total sob o cultivo da agricultura orgânica registrada no Programa Nacional de Produção Orgânica em 31 de março de 2019 era de 3.56 milhões de hectares.

fonte: Agrolink