Instituto Cornucópia se posiciona com relação à compra da WhiteWave pela Danone

mobile_header

imagem: Cornucopia Institute

O Grupo Danone anunciou no último mês de junho a proposta de aquisição da WhiteWave Foods por aproximadamente US$ 10 bilhões. A ação vem desdobrando inúmeros debates no setor. Caso consolidado, o acordo culminaria na maior empresa de laticínios orgânicos da história.

O Instituto Cornucópia, órgão vigilante da indústria orgânica. Instituição que defende os interesses da agricultura familiar, do consumidor e a boa aplicação da legislação orgânica. Declara oficialmente que, caso consolidada, a aquisição causaria graves danos à concorrência.

“Estamos preocupados com esta aquisição. A Danone vai facilmente ser capaz de vencer qualquer competição pela redução dos preços. A fatia do mercado que ficará sob seu poder superará fábricas de lacticínios de tamanho moderado, assim como processadores de leite e comerciantes.”, disse Marie Burcham, analista de políticas de gado da base de Wisconsin do Instituto Cornucopia.

Os produtos das marcas da WhiteWave são os mais vendidos em suas categorias. O leite orgânico Horizon controla quase 25% do mercado do leite orgânico; A Seda é líder em bebidas à base de plantas. Com a fusão, a Danone vai tomar um controle sobre o mercado de lácteos orgânicos que nunca foi concentrado por uma única empresa antes.

Em muitos lares o leite orgânico está entre os primeiros alimentos introduzidos para crianças, na sequência de frutas e legumes. “Como uma parte tão importante do mercado orgânico, é vital que a concorrência continue em aberto”, acrescentou Burcham.

O Instituto Cornucopia torna este argumento público através de cartas ao Departamento de Justiça e à Comissão Federal de Comércio, pedindo para tratar esta fusão como suspeita. Eles também lançaram uma petição em seu site pressionando reguladores federais para que façam uma investigação completa da fusão proposta.

Burcham que, além de sua experiência na agricultura pecuária, advoga em direito ambiental, acrescentou: “Essas considerações são importantes para determinar se esta aquisição viola a Lei Sherman e a Lei Clayton por motivos anti-competitividade e anti-truste.”

A Danone já é acionista majoritária da Stonyfield, a maior marca de iogurte orgânico em todo o mundo. Além disso, detém uma participação de 21% na marca orgânica Kefir Lifeway. Adicionando Wallaby e Horizon Organic, marcas da WhiteWave, à participação da Danone, o conglomerado de laticínios comandará uma fatia considerável do mercado orgânico dos EUA.

A receita da Groupe Danone 2015 foi indexada em US $ 25 bilhões (€ 22,4 bilhões), enquanto as vendas WhiteWave para o exercício findo em 31 de dezembro totalizou US $ 3,9 bilhões.

“Fusões como esta poderiam, eventualmente, reduzir opções e aumentar preços para os consumidores sem qualquer impacto positivo sobre a qualidade dos produtos que estão comprando”, disse Mark A. Kastel, co-diretor do Cornucopia. “Com menos concorrência, as grandes empresas comumente pagam valores mais baixos aos agricultores independentes por seus produtos. Essa desvalorização prejudica a viabilidade econômica da atividade agrícola familiar de pequena escala. Devemos ter muito cuidado com esta aquisição.”

Kastel também lembrou que “Esta fusão representa também um choque de culturas “.

A Stonyfield construiu a reputação de sua marca através do apoio as explorações leiteiras de escala familiar. Além disso, uma percentagem substancial do leite utilizado nos produtos Horizon vem de fábrica-leiterias a oeste do Mississipi com muitos milhares de ordenhas de vacas cada. Esta produção orgânica está ocorrendo em estados, como o Texas, Idaho, Novo México e Oregon oriental, onde o consumo convencional de laticínios mudou ao longo das últimas duas décadas.

Kastel acrescentou, “que modelo de produção da nova entidade, resultante da fusão, terá um grande impacto no futuro e na viabilidade financeira das explorações leiteiras de muitas famílias neste país”. Além disso, “Se esta fusão for permitida, ela pode muito bem exacerbar a concorrência ilegal e desleal”, Kastel lamentou.

Fonte: Living Max Well

Para saber mais:

Danone e Whitewave, duas gigantes se unem – OrganicsNet

Presidente da Organics Brasil discute as tendências mundiais para o mercado de orgânicos – OrganicsNet

Quem controla as sementes no mundo? – OrganicsNet