Mais zinco, menos diabetes

Para evitar o desenvolvimento da diabetes, é importante que nunca falte zinco na sua dieta. A boa notícia foi divulgada pela revista científica americana Diabetes Care. Ao analisar a incidência de diabete tipo 2 em mais de 80 mil mulheres com idade entre 33 e 60 anos.

Pesquisadores observaram que botar zinco no prato reduz em até 28% o risco de desenvolver a doença. “O mineral ajuda a regular a ação da insulina”, explica QiSun, líder do trabalho. E é justamente quando esse hormônio não funciona direito que se abre uma brecha para o problema. “Além disso, o zinco participa da formação de substâncias que protegem as células contra radicais livres, moléculas que também favorecem o diabete”, acrescenta QiSun.

Além disso, o zinco também ajuda a turbinar o sistema imunológico, afasta  os problemas cardiovasculares, deixa o  cérebro em forma e melhora a circulação.

Doses recomendas:

A dose diária de zinco recomendada a uma mulher saudável é de 8 miligramas. Já os homens devem ingerir 11 miligramas. Meia xícara de Farelo ou Germe de trigo dá conta do recado em ambos os casos.

O zinco também pode ser encontrado em ostras , amêndoas e castanha do pará (Castanha do Brasil)

Fonte: http://blog.jasminealimentos.com/

Share your thoughts