Na Grécia, crise parece não afetar o mercado orgânico

Sofie Tvarno mostra, orgulhosa, a qualidade dos produtos da Pure Greek /Foto: BioMarketInfo

A devastadora crise econômica na Grécia parece não atingir o mercado de alimentos orgânicos no país. Pelo menos é que constata Sofie Tvarno, diretora da Pure Greek, uma das líderes na produção de orgânicos, que conta com azeitonas, queijos e azeites. Segundo Tvarno, houve um aumento na produção de 20% no último ano, depois da participação  de sucesso na BioFach de 2011, feira mundial de produtos orgânicos. Agora eles já preparam um estande com 30 m² na BioFach deste ano, que acontece em Nuremberg, Alemanha.

“Eu queria chegar ao coração dos nossos produtos”, diz Sofie, “deixando de fora a campanha publicitária. Esta abordagem traz uma mensagem muito mais poderosa sobre os benefícios de viver, comer e produzir organicamente. Na minha opinião, assim, fica muito mais fácil para o consumidor escolher entre produtos orgânicos e não-orgânicos”, complementa a diretora da Pure Greek, justificando o slogan da empresa “Back to Organic“.

Detentora de diversos prêmios de qualidade a Pure Greek mostra a razão do sucesso. O queijo feta vem da cidade de Monte Parnaso, ao norte de Atenas, onde as ovelhas se alimentam das ervas dos ricos pastos da montanha. O leite é fresco e transformado em puro queijo de ovelha. Um outro tipo é feito com leite de cabra. “Corte em cubinhos esse queijo orgânico e embebido com óleo de girassol com ervas, você terá pequenas explosões de sabor na sua salada”, sugere Sofie Tvarno.

Divulgação

Quatro vezes por semana os produtos são enviados para clientes na Alemanha, Inglaterra, Bélgica, Suécia e Dinamarca. Um negócio firmado na BioFach 2012 com uma rede atacadista, resultou em uma representação no país vizinho, a Itália. Uma rede holandesa, que conta com 60 lojas, também está entre os clientes da Pure Greek.

Mas não pense que Sofie está satisfeita. Ainda há muito trabalho pela frente: “Até o início de 2013 entraremos no mercado chinês, o que é uma grande oportunidade para nós”, afirma.

Fonte: Organic-Market.Info

Traduzido por OganicsNet

Leia mais

Na Alemanha, Biofach discute alimentação orgânica fora de casa

“Sugiro aos consumidores ir às feiras”, diz Sylvia Wachsner

Conheça mais sobre a Amora Verde, parceira do OrganicsNet

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK TWITTER

Share your thoughts