Pão de Açúcar espera faturar R$ 140 milhões com produtos orgânicos em 2013

A rede Pão de Açúcar, pioneira no varejo na inclusão de produtos orgânicos em suas gôndolas, espera concluir o ano com crescimento de 40% nas vendas desse tipo de produto em relação a 2012. Não é por acaso que a rede é a única varejista a participar da Bio Brazil Fair, Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia que acontece entre os dias 27 e 30 de junho. Para entender melhor a evolução do nicho e o posicionamento da bandeira, entrevistamos Sandra Sabóia, gerente Comercial do Grupo Pão de Açúcar.

1.  Segundo o Projeto Organics Brasil, o mercado de orgânicos cresce, em média, de 30% a 40% por ano. Como o Pão de Açúcar tem se posicionado nesse setor? Existem iniciativas diferenciadas?

Sandra Caires - orgânicos
Sandra Sabóia/ Foto: Divulgação

O segmento de orgânicos está consolidado no Pão de Açúcar e, hoje, a rede  é referência no assunto com 100% das lojas dispondo de sortimento da categoria. Nas lojas verdes da bandeira, por exemplo, contamos com uma variedade 30% maior do que em um supermercado tradicional do Pão de Açúcar. O mercado vem crescendo em todo o Brasil. Os esforços em aumento de sortimento e comunicação nas lojas intensificaram-se nos últimos seis anos por meio do desenvolvimento de fornecedores e produtos, além de ancorar os conceitos e exposição dentro de nossas lojas. Assim, os supermercados da rede possuem gôndolas próprias de orgânicos, com todos os produtos dessa categoria reunidos. Também contamos com material de publicidade próprio e destaque constante nas mídias sociais da bandeira, uma vez que saudabilidade é um dos pilares estratégicos da marca e o Pão de Açúcar acredita fortemente no potencial de orgânicos para garantir saúde e bem-estar aos seus clientes. Alinhado a esse propósito, a rede comercializa desde 2006 a marca própria Taeq, cujo sortimento de aproximadamente 600 itens focados em bem-estar, possui 260 produtos orgânicos, como geleias, sucos, queijos, cereais, legumes, folhagens e iogurtes. Além disso, a rede investe em capacitação de fornecedores por meio de nossos técnicos – eles visitam os produtores, aplicando treinamento e realizando auditorias para garantir a alta qualidade da produção – e, consequentemente, do sortimento encontrado nas gôndolas pelo cliente. O Pão de Açúcar trabalha principalmente com produtores locais, principalmente em categorias como Frutas, Verduras e Legumes. Dessa forma, contribuímos para o desenvolvimento econômico local, garantimos o frescor dos produtos comercializados e reforçamos o vinculo entre a comunidade ao ver seus produtos locais representados nas gôndolas do supermercado. Para trazer credibilidade em orgânicos ao Pão de Açúcar, é importante comercializar desde os produtos para o dia a dia, até os mais diferenciados, conquistando sortimento e apresentando soluções completas ao cliente. Nesse sentido, desenvolvemos fornecedores e trazemos o que há de tendência no segmento, divulgando-os em nossos canais oficiais de comunicação ou por meio de degustações nos supermercados, o que tem mostrado excelentes resultados.

2.  Como é a evolução desse nicho no Pão de Açúcar? Desde quando a rede oferece esse tipo de produto e como é a evolução de vendas (crescimento)?

A rede Pão de Açúcar foi a primeira do varejo a reconhecer o potencial deste mercado há mais de 20 anos, quando iniciou trabalho de parceria com vários fornecedores. Essa ação contribuiu com a maior oferta  e sortimento de produtos e do consumo. Analisando os mercados norte-americano e europeu, a empresa percebeu que as demandas por orgânicos crescem muito rápido e que no Brasil faltava estímulo, uma vez que as pessoas buscam se alimentar de forma mais saudável e querem cada vez mais saber a origem dos produtos. Os esforços em aumento de sortimento e comunicação nas lojas intensificaram-se nos últimos 6 anos. O Pão de Açúcar cresce, em média, 30% nas vendas de orgânicos por ano e, em 2013, nossa meta é fechar a categoria com faturamento de R$ 140 milhões.

3. Quais são os motivos para esse crescimento? Isso reflete uma mudança no comportamento do consumidor?

Com a melhora da educação, do poder aquisitivo e a busca consolidada de por uma vida mais duradoura e saudável, foi natural que as pessoas se interessassem por orgânicos. Há uma busca por se viver mais, porém com qualidade. Ao se informar mais, o consumidor vê que os orgânicos vão ao encontro desse desejo e passam a procurá-los nos supermercados.

4.  Qual é o perfil dos clientes de produtos orgânicos?

Observamos que a maior parte dos consumidores de orgânicos é formada por pessoas preocupadas com a alimentação – são homens e mulheres que procuram por qualidade de vida e estão constantemente informados sobre o mercado e o que há de melhor em produtos. Uma parcela de consumidores que cresce também e o que possui necessidades especiais na alimentação, que encontram na categoria de orgânicos importantes aliados.

5.  Quais são os produtos orgânicos mais vendidos pela rede Pão de Açúcar? Qual é a região do País que mais consome produtos orgânicos?

Dentre o sortimento de orgânicos do Pão de Açúcar, destacam-se: tomate, alface, cenoura, couve manteiga, batata, carnes, morango, cebola, açúcar, palmito, pães, azeite e café. Nossas maiores vendas estão nas cidades grandes, como São Paulo e Brasília, mas o interior de São Paulo e a baixada tem se mostrado um importante mercado consumidor, principalmente quando valorizadas as regionalidades e os produtores locais.

6. O Pão de Açúcar realiza venda de orgânicos pelo seu e-commerce? Qual a importância do canal para o segmento?

Sim, a iniciativa de comercializar orgânicos pelo Pão de Açúcar Delivery (www.paodeacucar.com.br) é fundamental e contribuirá para alcançarmos nossas metas de crescimento e disseminação da alimentação organica. Para isso, aumentamos a visibilidade dos orgânicos no site, sugerindo uma seção única e cinco listas em que os clientes podem adquiri-las prontas ou formá-las de acordo com a sua necessidade. Linkar tal iniciativa a uma mecânica promocional é muito importante para um bom resultado: em São Paulo, as vendas de orgânicos pelo Pão de Açúcar Delivery aumentaram 28% em dezembro de 2012 se comparado ao mesmo período de 2011.

7. Desde quando o Pão de Açúcar participa da Bio Brazil Fair? E, em 2013, como a rede participa do evento? Há novidades?

Este é o 4º ano consecutivo em que o Pão de Açúcar participa da Bio Brazil Fair. A marca criou um estande de 40m2 em que realizará exposição de produtos e degustações em parceria com fornecedores, como Native, Mãe Terra, Taeq e Natumaker (com o Wewi, primeiro refrigerante orgânico do Brasil e o primeiro orgânico de guaraná do mundo). A rede criará ainda uma pequena loja para a venda de produtos de mercearia.

Fonte: Grupo Pão de Açúcar

LEIA MAIS

60% da renda da produção orgânica do País vem da exportação

“Twittando sobre o Mercado Orgânico”

BRICS Orgânicos: desafios e oportunidades

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK TWITTER

Share your thoughts