Prefeitura organiza encontro para formalização do Organismo de Controle Social Agroecológica de Ubatuba

Reunião-Agro-Eco-OCS1-770x508
Foto: Prefeitura de Ubatuba
A Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento organizou recentemente um encontro entre os agricultores familiares de Ubatuba (SP) e o Ministério da Agricultura e Pecuária para orientação e apoio na formalização do registro de produção orgânica.
De acordo com a equipe envolvida no projeto, o objetivo da prefeitura é apoiar a formalização do Organismo de Controle Social (OCS) Agroecológica de Ubatuba e assim criar condições para que os agricultores locas possam comercializar de forma direta (feira, grupos de compra, rede, outros) seus produtos de maneira legalizada.
Além dos agricultores familiares e de Marcelo Silvestre Laurino, Fiscal Federal Agropecuário e Coordenador da CPOrg/SP (Comissão da Produção Orgânica de SP), estiveram presentes na reunião técnicos da CATI Ubatuba, APTA – UPD Ubatuba (Horto Florestal), o secretário municipal de Agricultura, Maurici Romeu, e o prefeito Mauricio.
Em sua fala, Marcelo tirou dúvidas e aprofundou a explicação sobre produção orgânica e controle social. “É necessário aproximar o ministério dos produtores”, destacou. “Mas é importante também que os agricultores reúnam-se não apenas por obrigação de fiscalização, mas também para trocarem experiências, definirem e buscarem novos espaços de venda e compra em grupo”, disse.
Maurici Romeu também discursou e afirmou que sua secretaria pretende ampliar os pontos de comercialização dos produtos orgânicos no sentido de fortalecer a atividade produtiva e aumentar o consumo desse tipo de alimento no município.
Segundo Carolina Lima, diretora da Secretaria, o processo burocrático para a conquista da OCS está em andamento no Ministério. “Enviamos a documentação pelo Marcelo e agora vamos esperar os próximos passos para finalmente formalizar essa OCS em Ubatuba. Muito provavelmente, em breve já teremos boas notícias”, comemora.
“É muito importante consolidar a Agricultura Familiar como uma política pública em Ubatuba e divulgar a produção orgânica local, fortalecendo a categoria e apresentando a importância dela para a economia e para a saúde da população”, finaliza o prefeito Mauricio.
Fonte:  Prefeitura Municipal de Ubatuba (PMU)

Share your thoughts