Reino do Butão assume compromisso com orgânicos

Reino do Butão declara total comprometimento com os orgânicos. O primeiro-ministro do Butão (Ásia), sua excelência Jigmi Y. Thinley, fez essa promessa durante sessão da IFOAM (Federação Internacional de Movimentos da Agricultura Orgânica) no evento Rio+20, em discurso intitulado: viva a felicidade nacional bruta, política de comprometimento total com a agricultura orgânica. No Butão o termo felicidade nacional bruta define indicadores que medem a qualidade de vida em termos holísticos e psicológicos, ao contrário do PIB, indicador do produto interno bruto.

O primeiro-ministro diz: “nossa confiança na inovação, dinamismo e comprometimento da IFOAM, e outras extraordinárias organizações da sociedade civil, não significa que os governos têm uma desculpa para relaxarem diante do processo”. Ele ainda acrescenta: ” de sua parte, o governo real do Butão irá, de forma incansável, promover e continuar com esse empenho em realizar os sonhos que compartilhamos de, a partir de um movimento global, retornar à agricultura orgânica, e assim, a terra na qual eles cresceram se tornará genuinamente sustentável”. Segundo ele a agricultura passará a contribuir para ressuscitação e revitalização da natureza, e não mais para sua degradação. “E é com essa finalidade que meu governo prometeu se tornar 100% orgânico na produção de alimentos; será desenvolvida uma política nacional orgânica”. O primeiro-ministro concluiu falando que o Butão já possui um quadro nacional orgânico, um plano de ações estratégicas para o desenvolvimento de orgânicos e um programa nacional de sistema participativo de garantia que está sendo inserido no mercado interno de orgânicos.

O discurso completo está disponível, em inglês, aqui.

Fonte: Organic-Market.Info

Share your thoughts