Sementes e alimentos orgânicos

“Os alimentos orgânicos produzidos no Brasil ainda são gerados a partir de sementes, em grande maioria, tratadas com defensivos” publicou o jornal Valor Econômico dia 30 de junho de 2010 numa analise sobre a falta, no Brasil,  desse tipo de sementes. Os produtos orgânicos exportados para os Estados Unidos e à Europa, requerem que todos os insumos dos alimentos sejam orgânicos.

No Brasil a utilização de sementes convencionais na produção orgânica se explica pela falta de produção, desse insumo em larga escala. BioNatur, empresa gaúcha ligada ao Movimento Sem Terra e única do país a produzir e comercializar sementes orgânicas ou crioulas. A holandesa Enza Zaden que iniciará as atividades no país por meio de uma filial, já comercializa sementes de hortaliças em parceira com a empresa brasileira Agristar.

Paulo Christians, diretor-geral da empresa holandesa de sementes Bejo, entrevistado pelo jornal explicou que a semente convencional custa, em média, a metade do preço da semente orgânica.

OrganicsNet considera que atentas à legislação que exigira, a partir de dezembro de 2013, o uso de sementes  orgânicas no Brasil,  abrem-se novas possibilidades de investimentos para empresas interessadas em participar do crescimento do mercado orgânico.

Leia a integra da matéria publicada: Sementes orgânicas

Share your thoughts