Sprig deseja aniquilar fast food e incentivar a alimentação saudável

Não é o suficiente obter as refeições para os clientes o mais rápido possível, o co-fundador da Sprig, Gagan Biyani, disse ao público no TechCrunch que a sua empresa quer aniquilar o fast food inteiramente.

Sua companhia que oferece refeições saudáveis ​​sob demanda para clientes em San Francisco, Palo Alto e Chicago (EUA), estreou em novembro de 2013 e, desde então, levantou quase US $ 57 milhões em financiamento para alimentar suas iniciativas. “A indústria alimentar tem forçado as pessoas a terem duas opções, ou alimentos de qualidade que gosto muito e tem um monte de trabalho para fazer ou alimento conveniente que é muito, muito barato e ruim para você”, disse Biyani.

Em média as refeições custam cerca de US $ 14 com todas as taxas incluídas de acordo com Biyani. Biyani insistiu que a comida da Sprig ainda é muito barata para a qualidade que o cliente está recebendo em oposição a preços de restaurante.

Acessibilidade era um grande problema que começou a aparecer em toda a conversa, e Biyani disse que oferecer um serviço que dá aos clientes de baixa renda o acesso à cozinha saudável, era um osso duro de roer. Sprig quer usar seu alcance para sensibilizar e “tornar os preços dos alimentos orgânicos mais baixos.”

Clique aqui e assista à entrevista.

 

Tech Crunch