Loading posts...
  • Mercado Malunga abre as portas no Gilberto Salomão, no Lago Sul

    Em ampla expansão no Brasil, o mercado de orgânicos cresce a cada ano. E de olho nessa demanda o Mercado Malunga abriu nesta quarta-feira (1/07/20) a sua sexta unidade no Distrito Federal. O local escolhido é o Gilberto Salomão, localizado no Lago Sul.

  • Vendas de alimentos saudáveis crescem na pandemia e produtores buscam novas estratégias

    Com a pandemia do novo Coronavírus, as vendas de produtos saudáveis, incluindo orgânicos, têm crescido nas últimas semanas em diversos canais como o varejo, comércio eletrônico e entregas em domicílio. Segundo especialistas, os cuidados com a saúde e a questão ambiental ganharam relevância no cotidiano dos consumidores.

  • Orgânicos ganham escala

    Cada vez mais brasileiros descobrem os benefícios do consumo de produtos orgânicos. Esse mercado tem crescido a uma taxa média anual de 20% nos últimos anos, segundo a Organis, a Associação de Promoção da Produção Orgânica e Sustentável, que prevê um viés de alta também para 2020: a estimativa é de que o segmento fature R$ 4.5 bilhões neste ano.

  • Mais de um terço dos consumidores compraram produtos orgânicos em 2019

    Uma pesquisa inédita da Associação Paulista de Supermercados (APAS) com a revista Super Varejo apontou que 39% dos consumidores em 2019 compraram pelo menos um produto orgânico. O número atual é 9% maior que o mesmo registrado em 2016.

  • Caso de sucesso: Nutrir Orgânicos conecta produtores e clientes

    Com aproximadamente 400 parceiros, a Nutrir Orgânicos comercializa mais de seis milhões de itens, resultando em um crescimento de 18% ao ano. Além do mercado de compra e venda online, a empresa também oferece soluções de Tecnologia da Informação (T.I.) com foco na Indústria 4.0.

  • Pesquisa aponta que 19% dos brasileiros consomem algum item orgânico

    Pesquisa encomendada pelo Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (Organis) mostra que 19% dos brasileiros consomem algum produto orgânico; 35% consumiram produtos orgânicos nos últimos seis meses; 67% estão dispostos a aumentar compra de produtos.

  • Alimentação saudável impulsiona investimento de grandes marcas no setor de orgânicos

    Grandes marcas e redes de supermercados estão investindo cada vez mais no setor de orgânicos. O interesse é motivado pela tendência, por parte do consumidor atual, em optar por uma alimentação mais saudável. A chamada Geração Milennials (ou Geração Y) está disposta a pagar mais por alimentos que tragam benefícios a saúde.

  • Custos na produção de orgânicos tem diminuído com ampliação do leque de insumos

    Assista entrevista com Alexandre Harkaly, diretor Executivo IBD Certificações onde assinala que o mercado de orgânicos no Brasil fatura R$4 bi e tem potencial de crescimento com adesão de mil novos produtores a cada ano.

  • Mercado Orgânico brasileiro tem faturamento recorde em 2018

    Lei federal 10.831, conhecida como “Lei dos Orgânicos” completa 15 anos com movimentação recorde de R$ 4 bilhões em 2018. Preocupação com saúde e respeito ao meio ambiente são os principais fatores que contribuem para o aumento do consumo.

  • Continua o crescimento mundial dos alimentos orgânicos

    Em 2018 continuo o crescimento global do mercado de  produtos orgânicos e os Estados Unidos consolidaram sua posição de liderança. A Ecovia Intelligence projeta que o comercio de alimentos orgânicos deve superar US $ 50 bilhões pela primeira vez neste ano. A demanda por alimentos orgânicos está se fortalecendo. Segundo a OTA (Organic Trade Association), 83% das famílias norteamericanas  compram produtos orgânicos  que representam  5% do total de vendas dos alimentos no varejo.