UE: alerta sobre importação de orgânicos

Um artigo publicado em outubro passado no jornal, L’Express, alerta sobre os problemas relacionados com a importação francesa de produtos orgânicos. O artigo menciona que foram encontradas muitas fraudes, tais como resíduos de pesticidas ou a contaminação por organismos geneticamente modificados (OGM).

Desde 2005, a União Europeia teria retirado cerca de 200 licenças de importação de empresas não pertencentes à UE. O artigo explica que estas irregularidades se devem à ausência, em alguns países, de regulamentação local sobre os métodos de produção orgânica e à falta de monitoramento.

Adicionalmente existe um risco de contaminação cruzada maior, dependendo da estrutura da produção agrícola dos países exportadores. O jornal aponta também casos de fraude como o da fruta asiática “goji” que continha resíduos de pesticidas, e que foi retirada do mercado no final de 2009.

Com relação aos produtos provenientes de países membros da UE, 38 casos de infracções foram relatados em 2009. L’Express indica a falta de harmonização das políticas de controle na Europa, incluindo Espanha e Roménia.

A falta de rastreabilidade, tem levado alguns importadores franceses como a empresa Pronatura, a criar sua própria cadeia de fornecimento.

Leia a reportagem completa: L\'Express

Share your thoughts