Varejista norteamericano abre porta a marcas menores

foto: Chobani
foto: Chobani

A Whole Foods Market, a maior rede de supermercados de alimentos sofisticados dos Estados Unidos informou, dia 19 de dezembro de 2013, que suspenderá a venda de iogurtes da marca Chobani até o começo de 2014 para dar lugar a marcas menores e mais exclusivas, especialmente de produtos orgânicos que não contenham ingredientes geneticamente modificados.

O varejista norte-americano revelou, ainda, que exigirá que todos os alimentos comercializados em suas lojas contendo transgênicos tenham etiquetas de identificação até 2018. A Whole Foods vende outros iogurtes fabricados com itens geneticamente modificados, mas até 2018 planeja transformar esses produtos em orgânicos livre de transgênicos ou rotulá-los.

O segmento de iogurte grego corresponde a 45% do mercado de iogurtes dos Estados Unidos, que gera uma receita anual de US$ 8 bilhões, de acordo com a corretora Sanford C. Bernstein.

A Chobani, que contribuiu para o boom de vendas de iogurtes gregos no país, negocia seus produtos como se fossem fabricados apenas com ingredientes naturais. Alguns grupos de defesa do consumidor condenam a companhia por usar leite proveniente de vacas alimentadas com ração animal a partir de grãos transgênicos.

O fundador e executivo-chefe da Chobani, Hamdi Ulukaya, disse que a Whole Foods responde por uma pequena parcela das vendas. ‘É caro que eu adoraria estar em todas as prateleiras, mas isso não prejudicará nossos negócios’, afirmou ele em entrevista.

Fonte: Dow Jones Newswires, G1

Share your thoughts